Lacuna Coil, Hatebreed e Lamb of God (31/03/12, São Paulo)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Edu Lawless
Enviar Correções  

A Produtora Liberation comemorou no ultimo sábado seus 20 anos de estrada em um show incrível com três bandas internacionais no mesmo palco.

Com a casa praticamente lotada, a primeira banda a subir ao palco foi o LACUNA COIL. A visível diferença do estilo musical do Lacuna para as outras bandas do evento causavam certa apreensão com relação ao reação do público. Porém a banda veio ao palco sem a menor dúvida de que eles iriam arrebentar.

publicidade

Apesar da banda contar com o dueto vocal de Cristina Scabbia e Andrea Ferro, ficou evidente que a performance e o carisma de Cristina foram de fundamental importância para conquistar o respeito do público presente que não estava ali exatamente pelo Lacuna.

Com certeza a banda acabou conquistando uma nova leva de público após sua apresentação. Apesar de algumas noticias rondarem as mídias sociais de que o Lacuna Coil faria um show curto, a banda provou também que tudo não passou apenas de um boato. Alias a duração do espetáculo do Lacuna acabou sendo mais extenso do que o show do HATEBREED que subiu ao palco logo em seguida.

publicidade

A banda de Hardcore americana trouxe ao palco um estilo muito mais agressivo e ao qual a maioria do público presente esperava. A famosa "Roda" (Mosh Pit) se formou na pista e o público agitou durante todo o show como um aquecimento para a próxima atração que estaria por vir.

Se por um lado o Lacuna Coil conquistou a atenção de um público diferente ao qual eles estão acostumados a tocar, o inverso não aconteceu e a maioria dos fãs do Lacuna acabou nem por assistir ao show do Hatebreed, apesar dos americanos terem feito um grande show para os fãs do estilo Hardcore.

publicidade

O encerramento da noite ficou por conta da cultuada banda de Groove Metal – LAMB OF GOD. Liderados pelo vocalista Randy Blythe que entrou alucinado no palco e não parou por um segundo sequer correndo de um lado para outro. Entoado os grandes sucessos da banda, fez a galera agitar enlouquecidamente na pista abrindo vários clarões e imensos Mosh Pits, muitas vezes espremendo o público que não fazia parte delas contra as laterais e contra a grade.

publicidade

Infelizmente por conta de uma imensa Mosh que se formou na penúltima música do Encore "Black Label ", a pedido do próprio Randy, que falou para a galera destruir o lugar (no sentido figurado), o show teve que ser paralisado por uma ocorrência na pista onde um rapaz acabou desmaiando no meio do Mosh.

O ocorrido causou grande preocupação inclusive nos integrantes da banda que ficaram visivelmente preocupados com o fato. O pronto atendimento foi executado por um funcionário do corpo de bombeiros e em poucos minutos o rapaz foi removido do local.

publicidade

A princípio cogitou-se que o rapaz tivesse tido uma convulsão por estar com o rosto completamente torcido, mas segundo a assessoria de imprensa ele teve uma fratura na mandíbula. Até o momento não tivemos qualquer nova informação sobre o estado clinico do rapaz.

Após este ocorrido, o Lamb of God voltou ao palco para encerrar ao show com a música "Omerta", mas não sem antes pedir um pouco mais de calma para o público presente.

publicidade

Para galeria de fotos de todo o evento e set list das bandas acesse:
http://www.rockexpress.net.br




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Linkin Park: 20 coisas que você não sabe sobre a bandaLinkin Park
20 coisas que você não sabe sobre a banda

Suzi Quatro: a importância da linda baixista para o rockSuzi Quatro
A importância da linda baixista para o rock


Sobre Edu Lawless

Editor e criador do site Rock Express, que deu asas ao grande desejo de escrever e viver um pouco mais intensamente o mundo do Rock. A filosofia é a vertente do Hard Rock - Sexo & Rock - e a ideologia é sempre escrever sua própria matéria e continuar Fotografando e Animalizando...! Keep rockin' dudes!!! \,,/

Mais matérias de Edu Lawless no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin