Sepultura: review de show em NY pela Loudwire.com

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Leonardo Daniel Tavares da Silva, Fonte: Loudwire, Tradução
Enviar Correções  

O site Loudwire publicou ontem uma breve resenha de um dos shows que o SEPULTURA está fazendo com o KRISIUN em terras gringas.

publicidade

A resenha no idioma original, bem como uma interessante galeria de fotos, você confere aqui:

http://loudwire.com/sepultura-and-death-angel-bring-their-bl...

E, a seguir, a tradução:

O Thrash Metal acertou Nova York em cheio na noite passada com duas apresentações monstruosas por SEPULTURA e DEATH ANGEL. As duas bandas, juntamente com a banda brasileira de death metal KRISIUN e os thrashers do Colorado HAVOK destruiram o Teatro Gramercy ontem à noite, com uma tonelada de metaleiros americanos e sul-americanos presentes.

publicidade

HAVOK começou a noite com força apresentando um set thrash excepcionalmente pesado, que aqueceu a multidão e deixou o local pronto para o ataque de death metal do KRISIUN.

KRISIUN é uma banda de um som muito, muito, muito (guenta aí que tem mais!) muito, muito pesado. Enquanto os mercadores brasileiros da morte estouravam tudo com faixas como "Kings of Killing" e "Hatred Inherit", a multidão começou a lotar o chão do Gramercy. KRISIUN tem um domínio impressionante da língua inglesa, gritando "ouro verbal" entre as músicas, tais como, "Sim, filhos da p**a! Este é o último show da me**a da turnê! Obrigado, filhos da p**a por terem vindo!" e "Vão fumar uma erva e ouvir DEATH ANGEL".

publicidade

Depois que muitos fãs provavelmente seguiram o pedido do KRISIUN, DEATH ANGEL vieram tocar um set completo para a multidão. DEATH ANGEL esteve em Nova York em uma ocasião há alguns meses atrás, abrindo para ANTHRAX e TESTAMENT, durante a qual só tocou um set de 30 minutos. Ontem à noite, os veteranos do thrash metal tocaram por quase uma hora. O vocalista Mark Osegueda gritou e gritou com intensidade venenosa enquanto o resto da banda fazia as guitarras e baterias arder.

publicidade

O SEPULTURA tem uma mistura única de fãs. Os metaleiros da América do Sul tem a banda brasileira na mais alta consideração e, desta forma, lotam qualquer espaço para ver a banda em todo os EUA. O lugar explodiu tão logo o Sepultura subiu ao palco, com a banda tocando uma tonelada de músicas que abrangem quase toda a sua carreira. A banda tocou pérolas como "Refuse / Resist", "Roots Bloody Roots" e algumas novas faixas de "Kairos", e mostrou em Nova York por que eles são uma das bandas de thrash mais celebradas.

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Cinema: As 10 melhores aparições de bandas em filmesCinema
As 10 melhores aparições de bandas em filmes

Oops!: 10 erros eternizados em gravações de clássicosOops!
10 erros eternizados em gravações de clássicos


Sobre Leonardo Daniel Tavares da Silva

Daniel Tavares nasceu quando as melhores bandas estavam sobre a Terra (os anos 70), não sabe tocar nenhum instrumento (com exceção de batucar os dedos na mesa do computador ou os pés no chão) e nem sabe que a próxima nota depois do Dó é o Ré, mas é consumidor voraz de música desde quando o cão era menino. Quando adolescente, voltava a pé da escola, economizando o dinheiro para comprar fitas e gravar nelas os seus discos favoritos de metal. Aprendeu a falar inglês pra saber o que o Axl Rose dizia quando sua banda era boa. Gosta de falar dos discos que escuta e procura em seus textos apoiar a cena musical de Fortaleza, cidade onde mora. É apaixonado pela Sílvia Amora (com quem casou após levar fora dela por 13 anos) e pai do João Daniel, de 1 ano (que gosta de dormir ouvindo Iron Maiden).

Mais matérias de Leonardo Daniel Tavares da Silva no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin