Anthrax: carreira da banda foi salva pelo Metallica

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nathália Plá, Fonte: classicrockmagazine.com, Tradução
Enviar Correções  

O baixista do Anthrax, Frank Bello, deu créditos ao Metallica por ter salvo a carreira de sua banda dando neles o "chute na bunda" de que precisavam.

Os shows do Big 4 em 2010 e 2011 – estrelando também Slayer e Megadeth – forçaram o Anthrax a retomar o foco e lançar o aclamado álbum Worship Music, que possuía a mácula de uma série de desastres ao longo dos anos.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A reunião com o vocalista da fase clássica, Joey Belladonna, resultou em sua segunda saída e o deposto frontman, John Bush, decidiu não retornar. O Anthrax contratou Dan Nelson, mas o demitiu de forma dramática às vésperas do lançamento do álbum. Bush retornou mas se recusou a comprometer-se quanto a seu futuro na banda, então Belladonna finalmente fez seu retorno em tempo integral. O guitarrista Scott Ian disse recentemente que a formação atual será a última desses gigantes do thrash.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Com Belladonna finalmente garantido, o Anthrax regravou o Worship Music e o lançaram de modo a coincidir com o show do Big 4 em Nova York em 2011.

Bello agora afirma ao Pure Grain Audio: "Tiro o meu chapéu para o Metallica. Eles não só são nossos amigos, mas eles realmente nos deram um chute no traseiro, o que era o que precisávamos para ser uma banda de novo."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"O Metallica é a maior banda do mundo. Estar no palco com eles, sem contar o Big 4, foi grandioso para nós. Isso nos colocou de volta sob os holofotes, diante de toda essa base de fãs nova."

"Ver garotos de 14 anos comparecendo, dizendo que eles amam esse disco, que eles aprenderam a tocar baixo como eu com os pais deles – eu amo isso. É o que vale."

Bello falou o seguinte sobre o Worship Music: "Você tem que mostrar a que veio. Ninguém vai ligar para você se você não mostrar a que veio. Nós sabíamos que tínhamos algo especial. Tudo deu certo. Foi a tempestade perfeita."

Ao mesmo tempo, o frontman do Slipknot e do Stone Sour, Corey Taylor, revelou que ele perdeu a chance de trabalhar com o Anthrax – porque seu selo não permitiu.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ele foi convidado a contribuir com o Worship Music durante o período antes do retorno de Belladonna, e disse que ele adoraria aceitar a idéia.

Taylor disse ao Radio Metal: "Quando eles me enviaram alguns riffs e algumas músicas que fizeram, achei que seria legal, não só como amigo mas como fã, ver como os demos ficariam depois de meu envolvimento."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"O meu selo me forçou a ficar de fora do projeto, então não pude fazê-lo. Eles queriam um novo álbum do Slipknot. Quando eu estava pronto para viajar para Chicago e trabalhar com o Anthrax, o selo me disse que não me daria permissão."

"De primeira eu fiquei realmente furioso com isso mas deixei passar após um tempo. Eu fui fazer o All Hope Is Gone e o Anthrax chamou o Joey de volta."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Mas Taylor acrescenta: "Eu disse a eles que adoraria ajudá-los com composições no futuro."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Metallica: James Hetfield explica suas tatuagens preferidasMetallica
James Hetfield explica suas tatuagens preferidas

Fotos de Infância: Dave Mustaine, do MegadethFotos de Infância
Dave Mustaine, do Megadeth


Sobre Nathália Plá

Mineira de Belo Horizonte, nasceu e cresceu ouvindo Rock por causa de seu pai. O som de Pink Floyd e Yes marcou sua infância tanto quanto a boneca Barbie, mas de uma forma tão intensa que hoje escutar essas bandas lhe causa arrepios. Ao longo dos anos foi se adaptando às incisivas influências e acabou adquirindo gosto próprio, criando afinidade pelo Hard Rock e Heavy Metal. Louca e incondicionalmente apaixonada por Bon Jovi, não está nem aí pras críticas insistentes dirigidas à banda. Deixando a emoção de lado e dando ouvidos à técnica e qualidade musical, tem por melhores bandas, nessa ordem, BlackSabbath, Led Zeppelin, Deep Purple, Metallica e Dream Theater. De resto, é apenas mais uma apreciadora do bom e velho Rock'n'roll.

Mais matérias de Nathália Plá no Whiplash.Net.

Goo336 Goo336 Cli336 Goo728 Goo336 Cli336 Goo336 Goo336