Guns N' Roses: "temos de pensar em um novo álbum", diz Stinson

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Rafael Tavares, Fonte: Perfect Crime
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 31/03/13. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?


901 acessosGuns N' Roses: visita dos músicos a Jerusalém é cancelada5000 acessosAnos 90: bandas de hard rock e metal que decepcionaram os fãs

O baixista Tommy Stinson não perdeu nada de sua personalidade feroz desde seus primeiros dias com o The Replacements.

Se o ícone do rock, Axl Rose, estivesse distribuindo prêmios por tempo de serviço para seus companheiros atuais de Guns N' Roses, Tommy Stinson, na banda desde 1998, seria um dos principais homenageados da lista de honrarias.

Comparando com os demais membros, apenas o tecladista Dizzy Reed, que entrou em 1990, dedicou mais anos de serviços à banda do que Stinson.

Compromisso e longevidade são coisas difíceis de se encontrar atualmente no cenário do Rock, mas, surpreendentemente, Stinson percebeu que sua vida não poderia estar melhor que agora, junto ao Guns N' Roses.

Em entrevista na manhã de segunda-feira no JW Marriott Hotel. em Kuala Lumpur, o "Stinson fácil de lidar", 46 anos, brincou dizendo que ele ainda tem que ganhar de Axl Rose um relógio por tempo de banda, mas que ele não é muito mimado.

"Eu apenas acordei hoje e pensei, -cara, isso é muito tempo para estar em qualquer banda que seja-", disse Stinson, balançando a cabeça sem acreditar em seus 16 anos atuando com uma das bandas mais tradicionais do Rock.

Sobre sua segunda xícara de café da manhã, o baixista, nascido em Minneapolis / Minnesota, nos Estados Unidos, estava mais do que ansioso para falar sobre sua carreira no Guns N' Roses e também sobre seu passado ilustre como um dos pioneiros do Punk de garagem. junto com o The Replacements na década de 80.

"Voltando no tempo, as duas bandas estavam de lados completamente opostos. Eu não sabia muito sobre o Guns N' Roses. Eles nunca tinham existido para nós, porque o The Replacements vinha de uma cena totalmente diferente", disse ele.

Nesta turnê, Stinson revelou que ele voltou a ouvir bandas alternativas dos anos 80, como Mission Of Burma X e Dinosaur Jr.

"Eu comprei alguns desses álbuns novamente e a música ainda faz sentido, especialmente os primeiros álbuns do X (banda Punk das Califórnia), como Los Angeles e Under The Sun Big Black".

Stinson foi bem sóbrio quando falamos sobre o tempo de estrada da atual tour, Appetite For Democracy. Esssa é a tour que desembarcou na Malásia para um show após Grand Prix de Fórmula 1, em Sepang, no último domingo.

Na verdade, a banda tem estado em turnê desde a chegada do tão aguardado album Chinese Democracy, no fim de 2008.

"Temos de começar a pensar em fazer um novo álbum. Sabe, é o momento. Nós viajamos ao redor do mundo em turnê de um album por tempo suficiente", disse Stinson. "Eu realmente não sei se existem viagens que não tenhamos feito promovendo esse album pelo menos... umas duas vezes, sério! É provavelmente um bom momento para voltar e escrever algumas músicas novas."

Da última vez, Axl Rose e o GN'R gastaram 15 anos entre o lançamento de 2 álbuns, The Spaghetti Incident? em 1993 e Chinese Democracy em 2008.

"Eu acho que quando voltarmos para os EUA, teremos alguns poucos fim de semana antes de voltar à correria ... E acho que devemos dar ao pessoal um tempo para escrever material novo."

A espera torturante de um álbum novo Guns N' Roses deixou muitos fãs fatigados até a saída do Chinese Democracy. O álbum não rendeu somente opiniões favoráveis, mas ano passado o Guns N' Roses, especificamente Axl Rose, recebeu elogios pela atuação da formação atual da banda na tour.

"Utilizar a música para passar por cima das merdas, isso é o Guns N' Roses. Mas eu não acho que gastaríamos a mesma quantidade de tempo para fazer outro álbum. A razão pela qual levou tanto tempo foi porque Axl estava meio que tentando montar a banda certa no mesmo momento que o álbum era gravado... então você tinha um monte de caras novas chegando e coisas mudando.

"Espero que cada um de nós escreva uma música ou duas, jogue-as na bagunça, e então vamos todos juntos para um estúdio ... em curto espaço de tempo, espero. Esse é o objetivo. Nenhum de nós tem mais 10 anos para gastar fazendo apenas um disco, entende? "

A parte difícil é encontrar o momento certo para gravar material novo do Guns N' Roses. Como acontece com qualquer banda moderna, há projetos paralelos a considerar e as coisas ficam ainda mais difíceis quando cada membro ruma para uma parte diferente dos EUA.

"Essa é a parte mais difícil, quando todos se espalham ... Eu vivo em Nova York, DJ Ashba vive em Las Vegas, Axl em Malibu... Você sabe, se todo mundo escrever uma canção e juntarmos para gravar essas oito músicas, teríamos o bastante para um álbum. Pois temos algumas músicas que sobraram do último album. Nós podemos viabilizar um registro rápido ... isso pode acontecer. Mas nós apenas temos de aceitar isso: nossa arte é um obstáculo tão grande quanto qualquer coisa".

Fonte: ecentral.my
Tradução: Vargas, PerfectCrimeGNR.com

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 31 de março de 2013

Guns N RosesGuns N' Roses
Visita dos músicos a Jerusalém é cancelada após ataque terrorista

1430 acessosLoudwire: em vídeo, os 10 maiores riffs de metal dos 80's1574 acessosFabio Lima: 13 músicas pelo Guns N' Roses0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Guns N' Roses"

Guns N RosesGuns N' Roses
"Tínhamos raiva e atitude", diz Slash

Matt SorumMatt Sorum
A entrevista mais reveladora de sua carreira

Guns N RosesGuns N' Roses
Axl Rose se aposentará após turnê de reunião?

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Guns N' Roses"

Anos 90Anos 90
Bandas de hard e metal que decepcionaram

Eduardo e MônicaEduardo e Mônica
Uma análise do maior sucesso da Legião Urbana

Whiplash.NetWhiplash.Net
O site publica matérias pagas ou protege quem anuncia?

5000 acessosDeath Metal: as 10 melhores bandas de acordo com a AOL5000 acessosSexo e rock n' roll: banda grava e vende pornô para bancar despesas5000 acessosPor pouco: 15 rockstars que quase partiram dessa para uma melhor5000 acessosKiss: o Brasil acreditava que a banda matava pintinhos nos shows5000 acessosStryper: Tom Araya fala sobre demônio, sai do palco e vai rezar5000 acessosSepultura: as dez canções mais subestimadas da banda

Sobre Rafael Tavares

Nascido em 1987, descobri o rock and roll já cedo, aos 6 anos de idade, quando ouvi "I Don't Care About You" com o Guns N' Roses em algum momento de 1993. De lá pra cá minha paixão pela música pesada e, especialmente pelo Guns N' Roses (que estará para sempre marcado em minha pele, alma e coração) cresceu exponencialmente. Sebastian Bach me fez querer virar cantor e o resto é história. Produtor fonográfico, formado em Letras e professor. Tão diversificado quanto o Rock and Roll, essa é minha vida, esse é meu clube. =D

Mais informações sobre Rafael Tavares

Mais matérias de Rafael Tavares no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online