Buckcherry: Josh Todd diz que suicídio do pai inspirou filme

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Paulo Giovanni G. Melo, Fonte: Noisecreep, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

Josh Todd, frontman do BUCKCHERRY, escreveu um filme curta-metragem para fazer companhia ao recém lançado álbum da banda, "Confessions". Uma das canções mais impactantes do disco é a faixa "Sloth", que fala sobre o suicídio de seu pai e é a base do curta-metragem.

"Quando este trágico evento aconteceu com meu pai, eu tinha 10 anos de idade. Mas o personagem no filme tem 17 e está no colégio", disse Todd. "O filme começa com ele chegando em casa e encontrando seu pai morto, então são mostrados os sete pecados capitais no processo de luto. Ao longo da história, ele encontra um amor na escola, que tem um gênio oposto, mas que vai fazendo ele mudar de idéia pouco a pouco. Ao final, ele aprende a perdoar seu pai e termina com a garota."

O filme de 30 minutos vai incluir música, segundo o vocalista. "Não serão canções inteiras, mas terá."

As filmagens não começaram ainda porque o orçamento ainda não foi aprovado. "Já temos o elenco, o diretor, locais. Estamos tendo problemas com o financiamento", disse Todd.

Josh pensou em usar algum site para arrecadar fundos, como o Kickstarter ou o PledgeMusic, mas a banda não concordou.

"Pensamos nisso, mas foi algo que saiu pela culatra em alguns artistas. O arrecadado pode não ser muito alto e não gostaríamos de incomodar as pessoas pedindo-lhes dinheiro, logo, estamos pensando em outras maneiras de fazer isso."




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Buckcherry"


Sexo: os clipes mais sensuais do Metal segundo a Metal HammerSexo
Os clipes mais sensuais do Metal segundo a Metal Hammer

Velvet Revolver: Os vocalistas já cogitados para a bandaVelvet Revolver
Os vocalistas já cogitados para a banda


Marilyn Manson: Sou ainda pior fora do palcoMarilyn Manson
"Sou ainda pior fora do palco"

Beavis e Butthead: como eles seriam se fossem reais?Beavis e Butthead
Como eles seriam se fossem reais?


Sobre Paulo Giovanni G. Melo

Mineiro de Belo Horizonte. Fã de Hard Rock e Heavy Metal, especialmente a partir dos anos 80, não dispensa um disco ao vivo destes estilos. Entre várias de suas bandas preferidas estão Ratt, Aerosmith, Buckcherry, The Cult, Whitesnake, Whitecross, Guns N' Roses e Motley Crue.

Mais matérias de Paulo Giovanni G. Melo no Whiplash.Net.

adClioIL