Matérias Mais Lidas

imagemO clássico da Legião inspirado em novela da TV Globo e acusado de plagiar The Doors

imagemO clássico dos Paralamas que Gilberto Gil escreveu a letra e ditou pelo telefone

imagem"Não existe esta coisa de New Wave of British Heavy Metal", diz Paul Di'Anno

imagemComo o clássico "Angel Dust" fez o guitarrista Jim Martin sair do Faith No More

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1988 é um ano inesquecível

imagemMarky Ramone sobre o CBGB: "Era como um lixão, mas era o nosso lixão"

imagemRock in Rio 1991, Maracanã lotado, e o Guns N' Roses ameaçou não subir ao palco...

imagemO álbum do Kiss que infelizmente é ignorado pela banda, segundo Andreas Kisser

imagemTico relembra trauma que o fez entrar na Fazenda e briga bizarra com Sérgio Mallandro

imagemSupla explica por que fala sempre misturando português com inglês

imagemPor motivo de saúde, Tracii Guns faz show inteiro do L.A.Guns dentro do banheiro

imagemEdu Falaschi e as versões de "Bleeding Heart" que "dá uma tristezinha" de ouvir

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1991 é um ano tão celebrado

imagemCinco músicas que são covers, mas você certamente acha que são as versões originais

imagemVídeo mostra o Guns N' Roses novamente tocando "Back in Black" do AC/DC


Stamp

Slash's Blues Ball: banda se reúne para evento beneficente

Por Nacho Belgrande
Fonte: Playa Del Nacho
Em 18/04/13

SLASH fez um show para uma instituição privada de caridade destinada a crianças armênias ontem.

A apresentação se deu em Los Angeles na festa de aniversário de Gayane [?!??!?!], um amigo do guitarrista inglês.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Por se tratar de um evento totalmente fechado, não há muita informação circulando sobre o show. No entanto, pode confirmar-se que se tratou de uma reencarnação do SLASH’S BLUES BALL, projeto do guitarrista nos anos 90 que visava apenas tocar clássicos do classic rock e do blues, sem a intenção de gravar.

A formação que tocou com Slash ontem:

Teddy Andreadis [gaita e voz]
Johnny Griparic [baixo]
BB Chung King [guitarra e backing vocals]
Dave Raven [bateria]

Teddy "Zig Zag" Andreadis foi o segundo tecladista e também se encarregou da gaita na turnê de "Use Your Illusion". Ele toca nos bares de Los Angeles hoje em dia.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Johnny Griparic foi o baixista do segundo álbum do Slash’s Snakepit, "Ain’t Life Grand". Ele havia tocado com Slash pela última vez em 2009 no segundo show do Slash & Friends em Las Vegas.

BB Chung King é um dos Buddaheads. Ele tocou com Slash no passado junto com Dave Raven em encarnações passadas do Blues Ball.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

In-Edit
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Axl Rose: o processo contra a Activison por causa de Slash


Câncer na língua: entenda a doença de Bruce Dickinson


Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande.