Kings Of Chaos: na África do Sul com status de superastros

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar Correções  

O KINGS OF CHAOS chegou ontem à África do Sul, onde fará quatro shows nos dias 7, 8, 15 e 16 desse mês de junho.

A banda – que nessa incursão pelo continente africano leva em sua formação MATT SORUM, DUFF MCKAGAN, SLASH, DAVE KUSHNER, MYLES KENNEDY, GLENN HUGHES, JOE ELLIOTT e ED ROLAND – vinha ensaiando há algumas semanas para essas apresentações, que devem ser as mais longas do grupo até agora [o show na Austrália recentemente era de abertura e teve um set list um tanto curto].

publicidade

SEBASTIAN BACH e STEVE STEVENS, frequentes no elenco da banda, dessa vez ausentaram-se para manter o foco nas gravações do novo álbum de Bach.

publicidade

Após fazerem uma escala no aeroporto de Heathrow, em Londres, o KOC chegou à Cidade do Cabo, onde teve uma recepção bem movimentada, talvez pelo fato de serem raras as bandas de rock que tocam no país, e o burburinho continuou ao longo dos dias de ontem e hoje, com fãs seguindo os integrantes e coletiva de imprensa com transmissão via rádio e TV.

publicidade

Segundo o fundador do KOC, MATT SORUM, a banda vem ao Brasil ainda esse ano.

Confira uma galeria de fotos cobrindo desde os ensaios até a coletiva da banda [todas as fotos usadas com devida autorização]:

publicidade

GALERIA COMPLETA COM MAIS DE 100 FOTOS:
http://tinyurl.com/n5l6aeh




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Vinil: quais são os dez discos mais valiosos do mundo?Vinil
Quais são os dez discos mais valiosos do mundo?

Eddie Van Halen: falando sobre o solo de Beat ItEddie Van Halen
Falando sobre o solo de "Beat It"


Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin