Machine Head: Amps Falsos no Palco - pode isso, Arnaldo?

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar correções  |  Comentários  | 

Em 2013 O MACHINE HEAD entrou no meio da discussão causada pelo buchicho em torno do fato do BLACK VEIL BRIDES usar amplificadores cenográficos como parte de seu show ao vivo, e tal qual qualquer pessoa sã faria, eles apontaram para o fato de que isso tem sido parte dos shows de rock há décadas.

1339 acessosMachine Head: Flynn comemora 50 anos e presta homenagem a Chester5000 acessosBullet For My Valentine: vocal detonou Guns em turnê

Respondendo a um artigo de uma representante da rádio 95.5 KLAQ que tentou ‘zoar’ o Machine Head por usar falantes falsos a banda divulgou a seguinte epístola:

“O MACHINE HEAD USA AMPLIFICADORES DE MENTIRA?”

Enquanto parece absurdo que a estação de rádio 95.5 KLAQ, de El Paso, Texas decida por postar isso em seu web site, viemos dar nossa opinião sobre o grande disse-me-disse pelo Black Veil Brides ter sido ‘intimado’ pelo baterista do THE BRONX por usar ‘amplificadores de mentira’ na turnê Warped no começo desse mês, e um ‘doador de cérebro’ dessa rádio decidiu dar ‘a notícia do século’ e ‘intimar’ o Machine Head por também usar ‘gabinetes falsos’! Uma prática que já há mais de 40 anos é comum no rock, remetendo aos dias do VAN HALEN e do AC/DC.

Só pra constar, o Machine Head apoia QUALQUER banda que use gabinetes falsos na esperança de dar a seus fãs um show melhor e mais impressionante. Isso inclui o Black Veil Brides, que, tal como muitos músicos jovens [e o Machine Head] usa equipamento ligado direto ao PA como Fractals e Kempers. Pelo menos o Black Veil Brides está tocando seus instrumentos, e não balançando as mãos acompanhando uma porra dum laptop!!


O Machine Head tem dois carrinhos com uma pilha de gabinetes formando nosso logo em forma de diamante, nós usamos metade dos quatro gabinetes para nosso som ao vivo, os que são etiquetados com os dizeres ‘live’ nas fotos são isso mesmo, um gabinete de verdade AO VIVO, que está plugado [tal como você pode ver nas fotos] e ressoa,tem falantes verdadeiros, ligam-se a um amplificador de verdade, e tem um microfone em frente deles, que manda nossas guitarras derretedoras de rostos para a plateia através do PA. Os gabinetes que nossos técnicos de guitarra etiquetam [por alguma razão, com fita adesiva verde fluorescente] como ‘ dummy’ são gabinetes de verdade também, com cones de verdade e tudo mais, mas nós só temos um tanto de amplificadores para alimentá-los, e na real, ninguém tá pouco se fudendo, porque TODOS os gabinetes são verdadeiros!

Uma breve lição de história para a grisalha veterana do heavy metal de 24 anos de idade Lisa Sanchez: desde o início da música pesada, as bandas tem usado gabinetes falsos como parte de seu frequentemente impressionante design de palco. Quando o Slayer tocou no Mayhem Festival ano passado e usou duas cruzes invertidas gigantes feitas de gabinetes Marshall, adivinha só? Eles não estavam todos ligados!

Quando ROB HALFORD do JUDAS PRIEST passa com sua Harley por um portal de pilhas de Marshalls, adivinha só? Eles são ‘de mentirinha’ também. Na verdade, a única coisa falsa aqui é quem está tirando fotos, tomando liberdades, enquanto está no nosso palco, como nosso não-convidado, e redigindo ‘o foco da controvérsia’ para em seguida postá-lo no Twitter e no Facebook.

Que tal você intimar alguém por algo que realmente tenha importância ao invés das bandas que só estão ajudando as pessoas a se divertirem um pouco?

O que exatamente você está tentando fazer com isso?

Olha só, você está tentando criar polêmica para ganhar acessos para seu site, e essa resposta deve propiciar exatamente isso. Na verdade, já estamos dando a você e ao site da sua estação de rádio bastante trafego com essa resposta.

Esperamos que você aproveite a publicidade gratuita.

De nada!

- Robb e Phil”

E é isso.

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 09 de agosto de 2017

1339 acessosMachine Head: Flynn comemora 50 anos e presta homenagem a Chester1235 acessosRobb Flynn: tocando Linkin Park, Temple Of The Dog e mais0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Machine Head"

Heavy MetalHeavy Metal
As melhores faixas de 2012 segundo o Loudwire

SlipknotSlipknot
Álbum debut é eleito o melhor dos últimos 25 anos

Machine HeadMachine Head
Segundo baterista, o grupo quase acabou

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Machine Head"

Guns N RosesGuns N' Roses
O que ninguém deve fazer ao se tornar um rockstar

Black SabbathBlack Sabbath
Iommi fala sobre Dio, Randy Rhoads e Rob Halford

Heavy MetalHeavy Metal
Os 11 melhores álbuns dos anos 2000 segundo o Loudwire

5000 acessosHeavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 19825000 acessosMetallica: a regressão técnica de Lars Ulrich5000 acessosSlipknot: pornografia inspirou primeiro álbum da banda5000 acessosSepultura: Andreas Kisser participa de episódio do Porta dos Fundos5000 acessosBandas e Drogas: a relação entre a sonoridade e os efeitos5000 acessosLinkin Park: Chester Bennington abre o jogo sobre seu vício

Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online