Metallica: James diz que novo CD é qualidade antes de quantidade

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar Correções  

Antes da segunda ‘Metallica Night’ anual no AT&T Park em São Francisco, a estação de rádio da Bay Area, a Live 105 conversou com o frontman do Metallica, JAMES HETFIELD, a respeito de seu amor pelo time do San Francisco Giants, carros customizados, o que a banda prepara e mais.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Perguntado sobre o progresso das composições para o sucessor de ’Death Magnetic’, de 2008, James declarou: "Temos que peneirar uns 80 riffs e ver quais são os melhores. Quanto às letras, há muita coisa a se trabalhar em cima dos últimos seis ou sete anos desde o último disco. Somos inspirados constantemente pelas coisas – não apenas livros e filmes ou coisas do tipo, mas também por ocorridos da vida, sermos pais, coisas que acontecem. A letras, mais especificamente,veem de dentro. Aprendemosmuito em nossas vidas esses últimos seus anos. Isso ficará evidente no disco."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ponderando se a enorme quantidade de material poderia resultar na banda lançá-lo todo em parcelas distintas, como no caso de ‘Load’ de 1996 e ‘ReLoad’, de 1997, Hetfield foi categórico: "Não, acho que não. ‘Load e ‘ReLoad’ estavam mais para ‘Overload’. Havia muitas músicas e o que faremos com todas essas, podemos fazer muitas músicas muito boas. Eu acho que aprendemos meio que uma lição com esse isso, então por que não nos concentrarmos em oito a dez músicas muito boas. Qualidade antes de quantidade. Não que não fossem boas canções, mas parecia demais para digerir. E fazer os fãs esperarem ainda mais, e também a nós mesmos, francamente… esperar mais para lançar algo. Vamos nos focar em apenas um disco".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Metallica: Lars Ulrich se emociona quando ouve The Sound Of SilenceMetallica
Lars Ulrich se emociona quando ouve "The Sound Of Silence"

Metallica e Mariah Carey: "For Whom The Bell Tolls But It's All I Want For Christmas"

Metallica: Banda divulga show acústico beneficente on-line em 14 de novembroMetallica
Banda divulga show acústico beneficente on-line em 14 de novembro

Metallica: Shows em arenas e estádios só no final de 2021, prevê Lars UlrichMetallica
Shows em arenas e estádios só no final de 2021, prevê Lars Ulrich

Metallica: eles queriam fazer um Back in Black quando lançaram o Black AlbumMetallica
Eles queriam fazer um "Back in Black" quando lançaram o Black Album

Metallica: turnê pela América do Sul oficialmente adiadaMetallica
Turnê pela América do Sul oficialmente adiada

Lista: álbuns perfeitos para apresentar o metal para iniciantesLista
álbuns perfeitos para apresentar o metal para iniciantes

Metallica: Lars elege o melhor álbum que gravou (e não é nenhum dos primeiros)Metallica
Lars elege o melhor álbum que gravou (e não é nenhum dos primeiros)

Metallica: ouça primeiro show de Jason Newsted com a banda, em novembro de 1986Metallica
Ouça primeiro show de Jason Newsted com a banda, em novembro de 1986

Eddie Van Halen: Slash, Kirk Hammett e Tom Morello o homenageiam no Rock Hall of FameEddie Van Halen
Slash, Kirk Hammett e Tom Morello o homenageiam no Rock Hall of Fame


Metallica: assista Fuel com Jason Newsted nos vocaisMetallica
Assista "Fuel" com Jason Newsted nos vocais

Metallica: e se Hardwired fosse do Slayer, Pantera, Anthrax ou Megadeth?Metallica
E se "Hardwired" fosse do Slayer, Pantera, Anthrax ou Megadeth?


Power Metal: os dez álbuns essenciais do gêneroPower Metal
Os dez álbuns essenciais do gênero

Roadrunner: os melhores frontmen de todos os temposRoadrunner
Os melhores frontmen de todos os tempos


Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

Cli336 Goo336 Goo336