Dead Kennedys: biografia em pré-venda no Brasil

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por André Nascimento, Fonte: Facebook-Edições Ideal
Enviar correções  |  Ver Acessos

"Dead Kennedys - Fresh Fruit for Rotting Vegetables - Os primeiros anos" ,biografia escrita por Alex Ogg e que aborda os primeiros anos dos DEAD KENNEDYS , em breve será lançada no Brasil através da Edições Ideal que lança o livro em duas versões (brochura e capa dura) e que pode ser adquirido está na pré-venda através do link abaixo:
http://www.idealshop.com.br/livro-dead-kennedys-fresh-fruit-...

Abaixo o release do livro "Dead Kennedys - Fresh Fruit for Rotting Vegetables - Os primeiros anos":

Alex Ogg
(Edições Ideal - 2014)

Por Marcelo Viegas*

Lá se vão 34 anos desde o lançamento de Fresh Fruit for Rotting Vegetables, o primeiro e clássico álbum do Dead Kennedys. A edição nacional, em vinil branco, saiu pela gravadora Continental com seis anos de atraso e tornou-se um item sagrado para a juventude brasileira. Era tocado em festas, emprestado (com certo temor) para amigos, gravado em fitas K7, disputado a tapa em lojas quando o pôster estava intacto! Três décadas depois e quase nada mudou: as faixas do Fresh Fruit ainda animam muitas festas, ninguém gosta muito de emprestar esse disco, ele ainda marca presença em playlists ou mixtapes, e o LP com o pôster continua valendo o dobro do preço nas feirinhas de vinil. A influência do Dead Kennedys é atestada pela longevidade. Fresh Fruit permanece atual.

Assim, o recorte histórico do escritor Alex Ogg é muito bem-vindo. Com a contextualização dos primeiros anos da banda e o acompanhamento minucioso do processo de composição e gravação do debut, o autor britânico consegue estabelecer um pouco de consenso numa história que é marcada por brigas, disputas judiciais e egos inflamados/feridos. É tarefa árdua (quase impossível) lançar algo que agrade todas as partes envolvidas nesse caso. E Alex Ogg conseguiu - com paciência e muito jogo de cintura, mas conseguiu (inclusive ele enumerou no apêndice o número de aspas atribuídas à cada um dos integrantes, para "provar" que todos tiveram a chance de defender a sua versão).

Tretas à parte, a obra vai agradar os fãs, não apenas pelos depoimentos e fatos levantados, mas também pela riqueza gráfica: o livro é todo ilustrado com as artes de Winston Smith, o homem responsável pelo emblemático logo do DK e um dos grandes nomes na técnica da colagem punk, e com as fotografias de Ruby Ray, que estava agachado na beira do palco do Mabuhay Gardens, no fim dos anos 70/começo dos 80, registrando a efervescente cena punk que nascia em San Francisco. Mergulhe nas páginas desse livro e entenda com mais clareza o papel-chave do DK na transformação da retórica punk em algo genuinamente ameaçador - e incrivelmente divertido.

*Marcelo Viegas é o editor brasileiro do livro e, orgulhosamente, um dos desajustados que pulava feito doido toda vez que ouvia "California Über Alles" numa festa nos anos 80.

"Deus abençoe Jello!" - Elijah Wood - Ator

"Por que eles são importantes? Porque, sozinhos, eles me fizeram aguentar os dias de escola, aquela liberação catártica do Fresh Fruit a cada manhã e noite; os hinos de libertação me deram crédito para ser um outsider." - Owen Adans, do Jornal The Guardian

"Um dos melhores alicerces que o rock 'n' roll já produziu." - Revista Kerrang!

"Esqueça Sex Pistols, esqueça The Clash. O Dead Kennedys foi inquestionavelmente a melhor banda punk de todos os tempos." - Ben Haggar, jornalista

"Era óbvio que eles não eram apenas outra banda que ia aparecer e sumir, Eles tinham algo especial. Biafra é um talento absoluto. E ele tinha uma banda por trás que era afiada e boa." - Howie Klein, no liro Gimme Something Better

"Os Dead Kennedys atacaram a religião, o capitalismo e o governo com o dobro da raiva e do humor dos Pistols." - Revista Revolver

"Tente citar uma banda política. Dead Kennedys. Os Dead Kennedys são políticos, mas eles são mais engraçados do que políticos." - Thon Yorke, do Radiohead

A Edições Ideal disponibiliza trechos do livro através do link abaixo:
http://issuu.com/edicoesideal/docs/dead-kennedys_os-primenro...


Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Dead Kennedys"


Dead Kennedys: banda acabou em 1986, diz Jello Biafra sobre treta no BrasilDead Kennedys
"banda acabou em 1986", diz Jello Biafra sobre treta no Brasil

Inacreditável: O que acontece de mais bizarro em um show de metalInacreditável
O que acontece de mais bizarro em um show de metal


Fotos de Infância: Marilyn MansonFotos de Infância
Marilyn Manson

Kiss: a mais longa e reveladora entrevista de Eric SingerKiss
A mais longa e reveladora entrevista de Eric Singer


Sobre André Nascimento

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Mais matérias de André Nascimento no Whiplash.Net.

adGoo336