John Lennon: assassino pede desculpa por ser "tão idiota"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Fernando Portelada, Fonte: antimusic, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 29/08/14. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Mais de 30 anos após assassinar John Lennon, Mark David Chapman está finalmente mostrando um pouco de remorso. Em sua oitava tentativa de liberdade condicional em Nova York, na última semana, Chapman disse que entenderia se o comitê negasse sua soltura por toda dor que causou.

3472 acessosUlrich no U2: ele perdeu para McCartney a chance de tocar bateria5000 acessosPreconceito: dificuldades de ser roqueiro em cidade do interior

Em trechos transcritos, obtidos pelo New York Daily News na última quarta, 27 de agosto, Chapman disse: “Me desculpem por ser tão idiota e escolher o caminho errado para a glória.”

Chapman também disse: “Muitas, muitas pessoas o amavam. Ele era um homem incrível e talentoso e eles ainda estão sofrendo. Eu recebo cartas e esse é um grande fator. Não foi um crime normal.”

Cinco tiros foram disparados em 8 de dezembro de 1980 do lado de fora do apartamento onde Lennon vivia, atingindo o ex-BEATLES quatro vezes. Após admitir culpa de homicídio doloso, Chapman foi sentenciado de 20 anos à perpétua em 1981.

Durante a apelação, ele também teria se gabado sobre “o plano incrível, a espreitada absolutamente inacreditável” que antecedeu o assassinato.

Mais detalhes, em inglês, no radio.com:
http://radio.com/2014/08/28/john-lennon-killer-mark-david-ch...

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 29 de agosto de 2014

Lars Ulrich no U2Lars Ulrich no U2
Ele perdeu para Paul McCartney a chance de tocar bateria

2257 acessosE se for verdade?: Famosos que morreram e foram substituídos1352 acessosShows: em vídeo, Top 11 Músicas Viscerais de Encerramento255 acessosVersões: Clássicos que você talvez não saiba, ou não lembre que são0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Beatles"

John LennonJohn Lennon
Em carta, ofensas aos colegas dos Beatles e Linda McCartney

Paul McCartneyPaul McCartney
"Yoko não foi responsável pelo fim dos Beatles"

Música FácilMúsica Fácil
Três bateras excelentes que você subestima

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Beatles"0 acessosTodas as matérias sobre "John Lennon"

PreconceitoPreconceito
Dificuldades de ser roqueiro em cidade do interior

Motley CrueMotley Crue
Atriz pornô comenta sua relação com Tommy Lee

G. G. AllinG. G. Allin
No mundo dele Ozzy apresentaria programas infantis

5000 acessosPreconceito: dificuldades de ser roqueiro em cidade do interior5000 acessosMotley Crue: Atriz pornô comenta sua relação com Tommy Lee5000 acessosG.G. Allin: o extremo dos extremos5000 acessosO Metaleiro: versão metal para o hit "Piradinha"5000 acessosCuzões em shows: como músicos devem lidar com essa raça maldita5000 acessosZakk Wylde: Os 10 "Álbuns de Guitarra" mais importantes

Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online