Cannibal Corpse: "a merda do nu-metal está esquecida agora"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fernando Portelada, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar Correções  

Paul Southwell da revista Loud, da Austrália, conduziu uma entrevista com o guitarrista Pat O’Brien da banda CANNIBAL CORPSE. Alguns trechos estão disponíveis abaixo:

Cannibal Corpse: biografia oficial é lançada no Brasil

Metal Hammer: dez capas que provocam ânsia de vômito

Loud: Neste álbum, ["A Skeletal Domain"] você escreveu cerca de cinco faixas, o que é uma quantidade justa. Você co-escreveu com Alex [Webster, baixo]?

Pat: "Estou fazendo sozinho. Alex é normalmente o principal compositor e como eu contribuo depende do álbum. Em ‘Evisceration Plague’ eu estava passando por algumas coisas, com a mudança, e só pude ajudar em duas músicas. Eu posso ter contribuído mais em ‘Torture’, mas eu compus cinco músicas em ‘A Skeletal Domain’. Alex tinha algumas coisas com alguns outros projetos, então ele estava indo e voltando durante este tempo da composição, havia mais tempo para trabalhar com Paul. A oportunidade estava lá, e eu tinha os riffs, então não paramos de compor."

Loud: Você acha que o CANNIBAL CORPSE vai algum dia considerar ser menos extremo no futuro para continuar encontrando novos limites na música?

Pat: "Eu posso colocar um álbum antigo do BLACK SABBATH e ele ainda vai soar pesado. ‘Ride The Lightning [do METALLICA] ainda é destruidor para mim. Eu acho que com o CANNIBAL CORPSE, isso depende do passar do tempo, e o que está legal agora, não estará em cinco ou dez anos, mas então, por qualquer motivo, parece que volta à moda. Como as roupas. As bandas estão usando jeans skinny agora, e há dez anos todos usavam calças largas e você nem conseguia achar um par de calças normais. Toda aquela merda do nu-metal, a merda do LIMP BIZKIT está esquecida agora, então é difícil de dizer. Eu acho que há pessoas aí fora que já acham que não somos mais pesados. Eu acho que todos acabam passado por isso."



Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Cannibal Corpse: biografia oficial é lançada no Brasil

Cannibal Corpse: banda está em estúdio gravando novo álbum


Cannibal Corpse: Versão brutal de Frantic Disembowelment no ukeleleCannibal Corpse
Versão brutal de "Frantic Disembowelment" no ukelele

Cannibal Corpse: baterista fala sobre participação no Ace VenturaCannibal Corpse
Baterista fala sobre participação no Ace Ventura


Metal Hammer: dez capas que provocam ânsia de vômitoMetal Hammer
Dez capas que provocam ânsia de vômito

Led Zeppelin: plágios, homenagens ou mera coincidência?Led Zeppelin
Plágios, homenagens ou mera coincidência?


Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada no Whiplash.Net.

adWhipDin adWhipDin adWhipDin