Slayer: "As pessoas são covardes por trás de seus computadores"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Roberto Ferreira Jr., Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar Correções  

PAUL BOSTAPH, baterista do SLAYER, disse que "As pessoas são covardes por trás de seus computadores", explicando que as mídias sociais tem possibilitado qualquer pessoa falar virtualmente sem nenhuma responsabilidade porque eles podem se esconder por trás de falsos nomes e identidades.

Rock Nation: rádio elege "melhor do Hard Rock dos 80s"

Death On Two Legs: a declaração de ódio de Freddie Mercury

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Questionado pelo AndrewHaug.com sobre o que ele pensa sobre pessoas como o baixista e co-fundador do METALLICA JASON NEWSTED optar por sair das mídias sociais e se ele sente que os fãs e artistas estão ficando sobrecarregados com o excesso de informação, BOSTAPH disse: "Mídia social é interessante, porque eu estou tentando exatamente agora... eu tenho estado dentro e fora das mídias sociais, porque eu sou um tipo de pessoa reservada. Eu vejo pessoas postando fotos do que eles comeram no jantar, e eu sou... tipo... isso não é interessante para mim. À menos que eu sinta que tem alguma coisa interessante, que... Eu olho para a minha vida identifico as coisas que eu faço, e eu não posso forjar alguma coisa que eu ache interessante na minha vida. Então é tipo uma daquelas situações onde eu tenho apenas que me acostumar a colocar alguma coisa lá com que eu me sinta confortável.

Ele continuou: "Digamos, por exemplo, se a mídia social estivesse rolando nos anos 70, que não estava, eu adoraria ter visto o que o ALEX VAN HALEN estaria fazendo hoje, sabe o que eu quero dizer?! Mas eu nunca tive essa oportunidade, e talvez a oportunidade de, talvez, se uma pessoa receber uma resposta daquele indivíduo que ele ou ela admira, gosta, se eu um dos meus bateristas favoritos de todos os tempos chegasse em mim e falasse 'Ei, obrigado por esse elogio'... eu teria pensado 'Oh meu Deus, esse cara entrou em contato comigo!'".

"Eu acho que em um certo grau a mídia social é... vai ser uma daquelas coisas onde... Eu acho que irá cair no esquecimento, como todo o resto... Eu posso estar errado. Mas eu acho que as pessoas vão apenas se encher disso, ou isso vai evoluir para outra coisa, mas agora, é uma daquelas coisas...".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ele chegou a dizer: "Eu nunca pensei nela (mídia social) como um mal necessário. Eu acho que a maneira como eu enxergo isso é, para mim... Se você realmente tiver alguma coisa para dividir com as pessoas, então faça. Eu também acho que existem um monte de coisas ruins lá fora de certa forma, não apenas a mídia social mas internet, porque as pessoas não tem responsabilidade".

"Na minha juventude, se algumas pessoas falavam coisas sobre mim nas ruas onde eu cresci, se você falava isso na minha cara, certas coisas, você levaria um soco na boca. Era assim que era. Você não fala merda sobre outra pessoa. Se você tem alguma coisa pra dizer pra mim, venha e fale na minha cara. Este não é o mundo onde vivemos. Pessoas são covardes por trás de seus computadores. Ou eles são corajosos. Eu diria que eles são corajosos atrás de seus computadores, e isso faz deles covardes".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Olha, se você não pode falar alguma coisa para um pessoa se ele ou ela estiver na sala, não vá para a internet e fale. Então eu não culpo alguns indivíduos por optarem sair da mídia social, porque depois de um tempo, você é... assim... 'Cara, o que é isso? É só um monte de porcaria no final das contas!'. Outras pessoas utilizam isso. Eles dizem que você tem que ser casca grossa. Então, depende de como a tua casca é. Se você for casca grossa, pode lidar com isso. Para outras pessoas isso se torna um drama social."

"É uma questão interessante. Não sei se tem um... tem uma resposta correta para isso. Saco, existem idiotas dirigindo carros lá fora, , então eu acho que possam existir idiotas na internet".




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Rock Nation: rádio elege melhor do Hard Rock dos 80sRock Nation
Rádio elege "melhor do Hard Rock dos 80s"

Death On Two Legs: a declaração de ódio de Freddie MercuryDeath On Two Legs
A declaração de ódio de Freddie Mercury


Sobre Roberto Ferreira Jr.

Nascido na cidade de São Paulo, mudou-se para o interior ainda pequeno. Baterista há 20 anos, teve seu primeiro contato com a bateria aos 11 e aos 15 já tocava no no circuito underground. Atuando profissionalmente como fotógrafo e câmera man, participou da cobertura de vários shows e festivais. Algumas de suas influências musicais: Jethro Tull, Kansas, Pink Floyd, Motörhead, Black Sabbath, Rolling Stones, Iron Maiden, Rainbow, Deep Purple entre outras. Atualmente está mais focado no som setentista, mais progressivo, mas sem perder o peso do metal.

Mais matérias de Roberto Ferreira Jr. no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor Goo336x280 Cli336x280 GooInArt