Behemoth: show cancelado na Polônia por "razões políticas"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fernando Portelada, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar Correções  

A banda polonesa de metal extremo, BEHEMOTH, detonou uma universidade em seu país natal após um show ser cancelado pelo que a banda chamou de "razões políticas".

Behemoth: para Nergal, o mundo não será mais o mesmo após a pandemia

Avenged Sevenfold: The Rev dizia que não passaria dos 30

O grupo iria originalmente tocar no Poznan’s Eskulap, em 2 de outubro, que também serve como dormitório estudantil para a Universidade de Medicina de Poznan, descrita como "um centro médico polonês de alta tecnologia, com 80 anos de experiência acadêmica." O show foi eventualmente adiado para 6 de outubro após as autoridades da Universidade decidiram que a data original coincidia com o início do ano acadêmico."

Na sexta-feira, o promotor do BEHEMOTH recebeu uma carta de Jacek Wysocki, presidente da tal universidade, afirmando que o evento não iria prosseguir, devido a "uma preocupação com a segurança dos estudantes e dos trabalhadores do campus."

O BEHEMOTH respondeu em um pronunciamento: "Nós não temos dúvida de que isso é uma decisão política. Não é a primeira repressão sofrida por um artista nacional. Poznan, ao invés de ser um centro de cultura livre, começa a parecer com a Rússia."

A banda citou então o artigo 73 da Constituição do país, que garante liberdade de criação artística, assim como acesso livre a bens culturais. O grupo explicou também que foi forçado a desistir de outros arranjos: "Após uma inspeção mais cuidadosa, nós decidimos que a qualidade de nosso show iria sofrer uma grande queda. Não podemos permitir isso neste momento de nossas carreiras. Esperamos sinceramente o entendimento de nossos fãs."

https://www.facebook.com/agencjapwevents/photos/gm.626435134...


adWhipDin adWhipDin adWhipDin adWhipDin