Dave Lombardo: baterista adorou trabalhar com trilhas sonoras

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fernando Portelada, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

O ex-baterista do SLAYER e atual PHILM, Dave Lombardo, recentemente colaborou com o compositor americano Joseph Bishara na trilha sonora do vindouro filme de terror, "Insidious: Chapter 3". Ele comentou sobre a experiência, disponível no vídeo abaixo.

Slayer: manager diz mais uma vez que existem planos para projetos futurosPantera: o surreal e constrangedor funeral de Dimebag Darrell

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Joseph me ligou e perguntou se eu poderia participar, criando algumas partes de bateria, e eu achei que não conseguiria fazê-lo, porque eu estava na Europa fazendo a divulgação e algumas clínicas de bateria, e ele acabou antecipando todo o calendário", falou Lombardo ao TV Rock Live, da França. "E eu fiquei bem grato".

Ele continua: "Nós tivemos realmente ótimos momentos criando as faixas de bateria e gravando para o filme. Agora 'Insidious' vai ter a bateria de Dave lombardo. Não haverá pedal duplo, é tudo bem ambiente."

"Eu posso fazer minha bateria soar como ela fosse tocada por alguém muito feliz, mas então eu posso tocar com um sentimento mais triste ou assustado. Depende de como você bate e daquilo que você quer criar."

Lombardo adicionou: "Sim, eu adorei fazer isso. Adoro trabalhar em trilhas sonoras."




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Dave Lombardo"Todas as matérias sobre "Philm"Todas as matérias sobre "Slayer"


Slayer: manager diz mais uma vez que existem planos para projetos futurosSlayer
Manager diz mais uma vez que existem planos para projetos futuros

Slayer: Dave Lombardo não assistirá último show da bandaSlayer
Dave Lombardo não assistirá último show da banda

Slayer: Kerry King se atrapalha com guitarra de 8.666 dólares e não consegue tocar introSlayer
Kerry King se atrapalha com guitarra de 8.666 dólares e não consegue tocar intro

Slayer: todas as músicas da banda, da pior para a melhorSlayer
Todas as músicas da banda, da pior para a melhor

Slayer: quem são os serial killers abordados em músicas da bandaSlayer
Quem são os serial killers abordados em músicas da banda

Slayer: veja despedida emocionante da banda ao Madison Square GardenSlayer
Veja despedida emocionante da banda ao Madison Square Garden

My Chemical Romance: Gary Holt é fã da banda e quer ir ao show de retornoMy Chemical Romance
Gary Holt é fã da banda e quer ir ao show de retorno

Slayer: Frank Bello fala sobre a última tour de seus colegasSlayer
Frank Bello fala sobre a última tour de seus colegas

Slayer: última turnê não significa o fim da banda, afirma manager

Slayer: fim das turnês não significa fim da banda, diz empresárioSlayer
Fim das turnês não significa fim da banda, diz empresário

Slayer: o que acontece quando tentam tocar com um violão?Slayer
O que acontece quando tentam tocar com um violão?

Dave Mustaine: Big 4 não significa Metallica e outras 3 bandasDave Mustaine
"Big 4" não significa Metallica e outras 3 bandas


Pantera: o surreal e constrangedor funeral de Dimebag DarrellPantera
O surreal e constrangedor funeral de Dimebag Darrell

Metallica: a habilidade com as baquetas de James HetfieldMetallica
A habilidade com as baquetas de James Hetfield


Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada no Whiplash.Net.

adGoo336