Korn: "O espírito de Jesus vindo até você. Isso é tão lindo cara"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rafael Testa, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

O ex-guitarrista do Korn, Brian "Head" Welch, foi entrevistado em 2014 em um programa de rádio e falou sobre a sua conversão ao cristianismo.

Korn: vídeo oficial ao vivo de "Cold", do novo álbumPlanet Rock: as maiores vozes da história do rock

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Welch, que deixou o Korn em 2005, após se converter ao cristianismo e largar as drogas, foi perguntando como ele sabe que ele tem o Espírito Santo. Ele respondeu: "Bem, eu te falo, para uma pessoa que largou as drogas por muitos anos e tem a alma cheia do Espírito Santo, é a melhor coisa possível. É o puro amor de Deus e você realmente pode sentir esse amor. E vai ficando mais forte através dos últimos dez anos. Não sei... Você fica totalmente satisfeito na vida e não quer mais nada. E meu coração está em paz. Eu não teria acreditado se eu não experimentasse. Estou totalmente satisfeito. Não há nada como isso.

Perguntando se o Espirito Santo já nasce em nós ou temos que pedir para recebê-lo, Welch disse:"Esse é um tipo de debate teólogico, talvez, mas eu acredito que Deus dá fôlego para todas as pessoas, mas nós temos que pedir para receber o Espírito Santo, somente para nos dar a revelação de como Deus sustenta a vida e nos dá a vida. Falam sobre sentir o Espírito Santo, e isso acontece quando você começa a pedir por ele e tudo mais. Não é sobre religião, é sobre relacionamentos. É o espírito de Jesus vindo até você e vivendo com você. E isso é tão lindo, cara."

Welch falou com a Variety sobre seu envolvimento com o filme "Holy Ghost", um documentário baseado na fé que tem como objetivo provar que o Espírito Santo é real. Welch, explicou: "'Holy Ghost' é sobre pessoas que convidam Deus a entrar em seus corações e vidas e sair pelo mundo, não dizendo para as pessoas 'se prepararem para o inferno', mas sim apresentando o real Cristo."

Welch continuou: "É como se tivessem me mostrado como obter um bilhão de dólares e como se eu pudesse compartilhar o dinheiro com todos os outros. Celebridades são consideradas referências e temos que usar isso para alguma coisa, porque nós todos vamos prestar contas um dia, por isso é importante usar o que temos com sabedoria."




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Korn"


Korn: vídeo oficial ao vivo de Cold, do novo álbumKorn
Vídeo oficial ao vivo de "Cold", do novo álbum

Korn: anunciada tour com Breaking Benjamin em 2020

Nu metal: as 40 melhores músicas do estilo, segundo a Metal Hammer (com playlist)Nu metal
As 40 melhores músicas do estilo, segundo a Metal Hammer (com playlist)

Korn: banda explica como surgiu convite para Tye TrujilloKorn
Banda explica como surgiu convite para Tye Trujillo

Barack Obama: não sou o vocalista do Korn, diz o fantoche illuminatiBarack Obama
"não sou o vocalista do Korn", diz o "fantoche illuminati"


Planet Rock: as maiores vozes da história do rockPlanet Rock
As maiores vozes da história do rock

AC/DC: Brian revela segredo obscuro de Angus YoungAC/DC
Brian revela segredo obscuro de Angus Young


Sobre Rafael Testa

Nascido em Juiz de Fora, Minas Gerais, tem 23 anos, é estudante de sistemas de informação e torcedor fanático do Vasco da Gama e do Tupi Football Club. Se interessou por rock/metal depois do grande tio Roney mostrar-lhe o Iron Maiden. Tem o gosto musical muito variado, curte do thrash metal do Slayer ao metalcore do All That Remains. Acredita que existem bandas boas atualmente e faz questão de apresentá-las.

Mais matérias de Rafael Testa no Whiplash.Net.

adGoo336