Epica: como a maternidade mudou a vida de Simone Simons na banda

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fernando Portelada, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar Correções  

O FaceCulture conduziu uma entrevista com a vocalista do EPICA, Simone Simons. Alguns trechos estão disponíveis abaixo

Mulheres dominando o Metal: a história do Epica (vídeo)Dimebag Darrell: guitarra de Van Halen num caixão do Kiss

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre o nascimento de seu filho (o pai é o tecladista do KAMELOT, Oliver Palotai) e como isso mudou sua vida:

Simone: "Estar aqui agora é algo realmente incrível, porque eu tenho tudo, de meu ponto de vista. Eu tenho uma família, amigos, uma carreira. Eu tenho tudo que amo, ser uma mãe e estar em uma banda. Mas é extremamente caótico e um grande desafio, na verdade. Especialmente após o primeiro ano, quando eles são muito pequenos e bem dependentes de você – especialmente da mãe. É difícil, mas planejamos as turnês de uma forma que eu não fosse estar longe por longos períodos após seu primeiro aniversário. Festivais são ok."

"É legal. Eu não sou a única que tem filhos. Coen, nosso tecladista, tem dois filhos. Então sim, ainda vamos fazer várias turnês, mas vamos mantê-las boas e compactas, e ainda teremos entre elas. Então temos uma carreira e uma família, tudo junto."

Sobre a influência de seu filho no sexto álbum do EPICA, "The Quantum Enigma", que saiu em maio de 2014:

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Simone: "Sim, influenciou um pouco. O disco está, de certa forma, em um nível nem mais espiritual. Eu diria espiritual, científico e filosófico. São os pontos principais do disco. Eu estava grávida enquanto estávamos compondo, quando eu estrava escrevendo as faixas de vocal e as letras. Você passa por um momento que muda sua vida, e, claro, com cada disco, você sente como se fosse um parto também. E, por mim, foi como três partos. Eu sempre disse: ‘O nascimento de uma mãe, do filho e de mais um CD.’, e também aconteceu tudo simultaneamente. Esse disco é, portanto, algo muito especial para mim, porque foi algo que mudou minha vida."

"As letras que foram provavelmente mais influenciadas pela maternidade, foram as de‘Canvas Of Live’. É sobre o ciclo da vida: estar grávida e perder um membro da família ao mesmo tempo é algo quase agridoce, de certa forma. ‘Canvas Of Life’ está lidando com isso."




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Mulheres dominando o Metal: a história do Epica (vídeo)Mulheres dominando o Metal
A história do Epica (vídeo)

Epica: Simone Simons conclui vocais para novo álbum, que deve ser adiadoEpica
Simone Simons conclui vocais para novo álbum, que deve ser adiado

Epica: lançamento do novo álbum provavelmente será adiado por conta do coronavírusEpica
Lançamento do novo álbum provavelmente será adiado por conta do coronavírus


Metalhead: as mulheres mais sexys do Heavy MetalMetalhead
As mulheres mais sexys do Heavy Metal

Epica: Eu e Simone não encaixávamos, trabalhamos melhor hoje, diz Mark JensenEpica
"Eu e Simone não encaixávamos, trabalhamos melhor hoje", diz Mark Jensen


Dimebag Darrell: guitarra de Van Halen num caixão do KissDimebag Darrell
Guitarra de Van Halen num caixão do Kiss

Preconceito: dificuldades de ser roqueiro em cidade do interiorPreconceito
Dificuldades de ser roqueiro em cidade do interior


Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor Goo336x280