Robert Plant: a vida de rockstar é uma aflição

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fernando Portelada, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

De acordo com o The Pulse Of radio, Robert Plant sente que não deixar o sucesso subir à cabeça é o segredo para ser um verdadeiro artista.

Doentio: Black Metal composto apenas com gritos de pacientes loucosMetalcore: os dez trabalhos essenciais do estilo

O último álbum solo de Plant com a banda SENSATIONAL SPACE SHIFTERS deu ao ex-frontman do LED ZEPPELIN um top 10 na Billboard 200, e um número 2 no Reino Unido. Robert disse que o objetivo é explorar o caminho criativo que ele sempre fez - por mais que seja um dos mais famosos vocalistas de rock do mundo: "Nós temos muita sorte e muito estímulo, e isso vai à música. É chocante para mim que algumas 'estrelas do rock' vivem sua vida em hotéis e nos bastidores, e eles não querem ir a lugar algum. É sobre ter uma mente curiosa."

Para a frustração de muitos fãs ao redor do globo, Plant se recusa a reunir a banda e cair na estrada, e ao invés disso prefere vagar pelo mundo do Blues, Jazz e da música contemporânea. Quando sugeriram que seu atual estado leva a uma "vida mais segura", Plant disse: "Bem, isso é uma aflição. Quero dizer, a vida não para porque você teve uma vida condecorada. A única razão disso acontecer comigo em primeiro lugar é porque eu estava em ótima companhia. E talvez até mais, ou de igual importância, nós nos aventuramos. Page eu e alguns roadies, nós continuamos viajando. E no Saara ou na Tunísia, as pessoas não ligam para quem você é. E eu precisava estar ao redor desse tipo de sentimento, para que pudesse ter um momento na minha vida como todos os outros, para que eu não banqueteasse com os deuses."




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Robert Plant"Todas as matérias sobre "Led Zeppelin"


Rock Clássico: as melhores segundo ouvintes de ManchesterRock Clássico
As melhores segundo ouvintes de Manchester

Zakk Wylde: não adianta ser melhor que Ozzy ou Page se não fizer algo bomZakk Wylde
Não adianta ser "melhor" que Ozzy ou Page se não fizer algo bom


Doentio: Black Metal composto apenas com gritos de pacientes loucosDoentio
Black Metal composto apenas com gritos de pacientes loucos

Metalcore: os dez trabalhos essenciais do estiloMetalcore
Os dez trabalhos essenciais do estilo


Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada no Whiplash.Net.

adGooILQ