Megadeth: Dave pensava em Portnoy, Lombardo e Mangini

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Leonardo Daniel Tavares da Silva, Fonte: Loudwire, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Às vezes uma porta fechada é uma oportunidade. E enquanto os fãs do MEGADETH possam ficar chateados pela saída de Chris Broderick e Shawn Drover e outros possam não estar felizes com a impossibilidade de retornar ao lineup de "Rust in Peace", o frontman Dave Mustaine está muito contente com a adição do baterista Chris Adler e do guitarrista Kiko Loureiro.

2115 acessosMetallica: Mustaine conta por que demo expandido não saiu5000 acessosMike Terrana: "Malmsteen foi uma das piores pessoas que conheci!"

Mustaine revelou tudo em uma nova entrevista à Rolling Stone sobre a experiência de tentar substituir Broderick e Drover nos últimos meses e fornece uma atualização sobre o progresso em seu novo álbum.

Como foi revelado, houve um breve momento em que parecia que uma reunião do lineup de "Rust in Peace" iria acontecer, mas Nick Menza e Marty Friedman revelaram que isso não iria ser concretizado. Mustaine diz, “Ao contrário de todo o rumor que existe por aí, eu desejo o melhor a estes caras. Mas as lembranças deles são consideravelmente diferentes das minhas. Mas, aqui está a real, muitas pessoas ou me amam ou me odeiam. Se eu disser a qualquer pessoa o que aconteceu, isso não vai mudar a forma como eles se sentem sobre mim. Mas vai mudar a forma como se sentem sobre eles. E eu não quero machucar ninguém. Tudo que eu posso dizer é que eles são músicos tremendos e caras muito talentosos”.

E eles não são os únicos caras talentosos que foram considerados para o futuro da banda. Chris Adler, do LAMB OF GOD, foi no final selecionado para tocar bateria no álbum, apesar de que não vá excursionar com a banda. Mustaine diz: "A opção de fazer um disco com Chris foi muito emocionante para mim. Então eu pensei, ´Bem, vamos deixar pra cruzar essa ponte quando chegarmos a ela. Vamos descobrir o que vamos fazer sobre shows ao vivo, quem vai assumir o trono da bateria. "E nós olhamos um monte de gente. Falei com meu amigo Mike Portnoy [ex-baterista do Dream Theater], que eu acho que é um talento incrível. Eu conversei com Dave Lombardo [ex-Slayer]. [ o nome de Mike Mangini [atual baterista do Dream Theater] surgiu. Mas havia alguma coisa a dizer-me para fazer uma pausa, dizendo: ´Pense pra valer em com quem você vai tocar, Mustaine. Certifique-se de que você vai fazer algo que realmente irá excitar as pessoas e que não seja previsível´. Mas nós temos alguns shows ao vivo chegando e temos um baterista comprometidos com nossas datas até agora neste ano".

Quanto ao novo disco, Mustaine revela: "Nós temos 15 faixas - 13 originais e dois covers. Fizemos ´Melt the Ice Away´ do Budgie e "Foreign Policy" do Fear. Neste ponto, as partes de bateria estão todas feitas e Chris está de volta em casa. Kiko terminou todos as suas bases de guitarra e ele está agora fazendo solos. "Loureiro também teria tocado piano no final de uma canção assustadora chamada “Poisonous Shadows”. O vocalista também revelou a canção intitulada “The Emperor Has No Clothes” e outra chamada "Tyranocide", mas acrescentou que muitas das faixas só tem títulos de trabalho neste momento.

Sobre uma possível data de lançamento, Mustaine disse que a banda tem como objetivo um lançamento na última parte do ano. Leia a entrevista completa com Mustaine na Rolling Stone:

http://www.rollingstone.com/music/features/dave-mustaine-on-...

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Kiko LoureiroKiko Loureiro
Não precisa conhecer teoria para ser um bom músico

2115 acessosMetallica: Mustaine conta por que demo expandido não saiu715 acessosDavid Ellefson: seu selo relançará catálogo da Combat Records1092 acessosHellyeah: Possível turnê com Megadeth e Judas Priest?1543 acessosSemelhanças: de Maiden a Nelson, confira riffs muito parecidos0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Megadeth"

MegadethMegadeth
Kiko Loureiro é um herói brasileiro, diz Dave Mustaine

Kiko LoureiroKiko Loureiro
Aprenda a ganhar dinheiro sendo músico

MegadethMegadeth
Drover e Broderick saíram por causa de Menza e Friedman?

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Megadeth"0 acessosTodas as matérias sobre "Slayer"0 acessosTodas as matérias sobre "Dream Theater"


Mike TerranaMike Terrana
"Malmsteen foi uma das piores pessoas que conheci!"

Sasha GreySasha Grey
Sua real paixão pela música de atitude e sua coleção de vinil

Heavy MetalHeavy Metal
Os dez melhores álbuns lançados no ano de 1980

5000 acessosHeavy Metal: diagrama explica a origem dos nomes de bandas5000 acessosÔôôôôeeee: Sílvio Santos aprova montagem com Steve Harris5000 acessosCapas de álbuns: algumas curiosidades e histórias5000 acessosDinho Ouro Preto: parar de fumar foi pior que parar com cocaína5000 acessosRhapsody: não somos uma banda de Heavy Metal, diz Luca Turilli5000 acessosDeep Purple: sobre o que fala a música "Smoke on the Water"?

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 14 de maio de 2015


Sobre Leonardo Daniel Tavares da Silva

Daniel Tavares nasceu quando as melhores bandas estavam sobre a Terra (os anos 70), não sabe tocar nenhum instrumento (com exceção de batucar os dedos na mesa do computador ou os pés no chão) e nem sabe que a próxima nota depois do Dó é o Ré, mas é consumidor voraz de música desde quando o cão era menino. Quando adolescente, voltava a pé da escola, economizando o dinheiro para comprar fitas e gravar nelas os seus discos favoritos de metal. Aprendeu a falar inglês pra saber o que o Axl Rose dizia quando sua banda era boa. Gosta de falar dos discos que escuta e procura em seus textos apoiar a cena musical de Fortaleza, cidade onde mora. É apaixonado pela Sílvia Amora (com quem casou após levar fora dela por 13 anos) e pai do João Daniel, de 1 ano (que gosta de dormir ouvindo Iron Maiden).

Mais matérias de Leonardo Daniel Tavares da Silva no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online