Rammstein: "Nunca mais veremos bandas como Led ou Black Sabbath"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rafael Testa, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar Correções  

Em uma entrevista para o RockSverige.se, Till Lindemann, frontman do Rammstein, falou sobre o que pensa sobre o estado atual da indústria musical.

Rammstein: ouça (e assista) clássico da banda tocado no stylophoneKing Diamond: Alguém já o viu sem a maquiagem?

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"O que eu posso dizer é que eu não queria estar começando uma banda hoje em dia", ele disse. "É quase impossível viver de música. As gravadoras não te dão uma chance como antigamente. 'Aqui está o dinheiro. Faça uma boa música!' Música atualmente, na minha opinião, é produzida de maneira rápida, caseira, com baixo orçamento e totalmente digital. Se estiver começando, você não tem chance. Tudo é feito com baixo orçamento e, na minha opinião, não tem nada de bom sendo lançado atualmente, exceto por DJs. Existe toda uma nova cultura criada por DJs como Skrillex e estes caras. Houve uma total mudança na música e na qualidade da música. Os gostos musicais estão completamente diferentes. Nunca mais veremos bandas como Led Zeppelin ou Black Sabbath."




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Rammstein: ouça (e assista) clássico da banda tocado no stylophone

Regis Tadeu: a experiência única de ouvir os álbuns do RammsteinRegis Tadeu
A experiência única de ouvir os álbuns do Rammstein

Rammstein: os 7 clipes mais controversos da banda, segundo revistaRammstein
Os 7 clipes mais controversos da banda, segundo revista


King Diamond: Alguém já o viu sem a maquiagem?King Diamond
Alguém já o viu sem a maquiagem?

Scorpions: As 20 melhores canções com temática românticaScorpions
As 20 melhores canções com temática romântica


Sobre Rafael Testa

Nascido em Juiz de Fora, Minas Gerais, tem 23 anos, é estudante de sistemas de informação e torcedor fanático do Vasco da Gama e do Tupi Football Club. Se interessou por rock/metal depois do grande tio Roney mostrar-lhe o Iron Maiden. Tem o gosto musical muito variado, curte do thrash metal do Slayer ao metalcore do All That Remains. Acredita que existem bandas boas atualmente e faz questão de apresentá-las.

Mais matérias de Rafael Testa no Whiplash.Net.

Goo336x280