Galeria do Rock: Die Hard rebate perspectiva sombria e mostra vitalidade

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Bruce William, Fonte: Combate Rock
Enviar correções  |  Ver Acessos

Marcelo Moreira, da Combate Rock, falou novamente sobre a situação complicada pela qual passa a lendária Galeria do Rock no centro de São Paulo, e desta vez menciona a reação de alguns lojistas ao texto anterior (link a seguir).

Galeria do Rock: entreposto ou depósito de mercadoria cara?Galeria do Rock
Entreposto ou depósito de mercadoria cara?

Veja mais abaixo alguns trechos e confira a matéria original em

http://combaterock.blogosfera.uol.com.br/2015/07/02/die-hard...

Fausto Mucin, um dos proprietários da Die Hard, uma das forças da Galeria e que está completando 15 anos de atividades, leu o texto e ficou alarmado com a premissa do "entreposto''. Discordou das teses apresentadas e escreveu um texto nas redes sociais refutando as perspectivas sombrias que o Combate Rock enxerga, mas sempre da perspectiva do sucesso da Die Hard, que é uma exceção diante do panorama.

O debate é mais do que saudável e, em alto nível, só faz avançar o aprendizado. Além do mais, sou cliente satisfeito da Die Hard e Mucin é um dos bons amigos que fiz no meio musical ao longo dos anos.

(...)

A Die Hard tem clientes dentro da loja em mais de 70% do tempo, e, destes, mais de 90% compram. Nossas vendas pela internet representam mais de 75% do volume total de vendas, mas achamos isso óbvio, uma vez que, pela internet, atingimos o Brasil todo. O Angra - "Secret Garden'', aqui está R$ 25,00, o Led Zeppelin - "Physical Graffiti''m custa R$ 125,00.

Crescemos nestes anos, e estamos, desde outubro do ano passado, em nossa sede própria, se fosse como a matéria disse, teríamos ficado em nosso escritório/estoque que é próximo à Galeria, e não investido tanto.

A matéria tem razão quanto à descaracterização da Galeria nos últimos anos, mas não concordamos com o conteúdo sobre lojas de CDs, somos prova viva do contrário, e, em tempo, as vendas de vinis cresceram mais de 300% (trezentos por cento) nos últimos dois anos, tivemos que mandar fazer um móvel para os acomodá-los, e alterar o lema da loja de Die Hard Rock'n'Roll CDs para Die Hard Classic Rock and Heavy Metal Collectibles.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Notícias

Rhythm: os bateristas mais influentes de todos os temposRhythm
Os bateristas mais influentes de todos os tempos

Bruce Dickinson: Prefiro errar letras a usar monitores!Bruce Dickinson
"Prefiro errar letras a usar monitores!"

Depressão: 10 músicas que devem ser evitadasDepressão
10 músicas que devem ser evitadas

Megadeth: Perguntas e respostas e curiosidades diversasMegadeth
Perguntas e respostas e curiosidades diversas

Bateristas: os trinta mais ricos do mundoBateristas
Os trinta mais ricos do mundo

Elvis Presley: A filmografia do Rei do RockElvis Presley
A filmografia do Rei do Rock

Foo Figthers: 1000 músicos tocam Learn To Fly na ItáliaFoo Figthers
1000 músicos tocam "Learn To Fly" na Itália


Sobre Bruce William

Bruce William pensava em ser um motoqueiro rebelde mas descobriu que é um Wieder Blutbad nerd apaixonado por uma Fuchsbau. Avy jorrāelan, CatW!

Mais matérias de Bruce William no Whiplash.Net.

adGooILQ