Dream Theater: as pessoas não ouvem mais discos completos, diz Petrucci

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Bruce William, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Durante conversa com a Session, da Alemanha, que pode ser vista no vídeo ao final, John Petrucci, do Dream Theater, falou sobre as mudanças ocorridas na indústria musical desde que a banda iniciou suas atividades há três décadas:

1851 acessosMike Portnoy: O que ele acha sobre "estar em muitas bandas"?5000 acessosMetal Hammer: dez "estranhas" colaborações no metal

"Muito do que mudou tem a ver com algo que aparece no 'The Astonishing', onde há uma linha que diz 'as pessoas não tem mais tempo para música'. E eu me refiro ao jeito muito mais passivo que ouvimos e consumimos música atualmente, onde podemos conferir tudo via streaming facilmente. Sem contar que geralmente se ouve música em circunstâncias não muito boas, usando fones de ouvido, fazemos download de uma música e não do álbum inteiro. Antes era preciso ir a algum lugar para ouvir música. Então, minha história, neste álbum conceitual, se passa trezentos anos ou mais no futuro, onde a música não é mais feita por pessoas e sim por máquinas com inteligência artificial. Então a grande mudança, eu acredito, que aconteceu de quando o Dream Theater começou e os dias de hoje é isto, o jeito que ouvimos e consumimos música, que hoje é de fácil acesso, mas há o lado negativo das pessoas não prestarem atenção, não dar o devido tempo para isto. Eu ouvia álbuns do Rush e Pink Floyd de ponta a ponta, apagando as luzes e me preparando como se fosse assistir a um filme".

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 29 de março de 2016

Mike PortnoyMike Portnoy
O que ele acha sobre "estar em muitas bandas"?

909 acessosDream Theater: Images and Words conquistando gerações após 25 anos372 acessosDream Theater: Jordan Rudess em entrevista para a Keyboard Brasil0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Dream Theater"

Dream TheaterDream Theater
Os álbuns da banda, do pior para o melhor

Mike PortnoyMike Portnoy
"No final das contas, eu sou apenas um fã!"

Dream TheaterDream Theater
Petrucci comenta a influência de David Gilmour

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Dream Theater"

Metal HammerMetal Hammer
Dez estranhas colaborações no metal

Bon JoviBon Jovi
Larissa Riquelme dança música com os seios de fora

Fotos de InfânciaFotos de Infância
Yngwie Malmsteen muito antes da fama

5000 acessosInspiração: 30 canções (não somente rock) para mantê-lo motivado5000 acessosCorey Taylor: "não comprem a playboy da Lindsay Lohan"5000 acessosQuais são os rockstars mais chatos do mundo?5000 acessosO trágico acidente que vitimou o Lynyrd Skynyrd5000 acessosSammy Hagar: ego fora de controle ou mentiroso descarado?5000 acessosIron Maiden: Steve Harris não foi o primeiro baixista?

Sobre Bruce William

Bruce William pensava em ser um motoqueiro rebelde mas descobriu que é um Wieder Blutbad nerd apaixonado por uma Fuchsbau. Avy jorrāelan, CatW!

Mais matérias de Bruce William no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online