Dream Theater: Petrucci revela sua maior influência na guitarra

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Fernando Portelada, Fonte: Bravewords, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

O MusicRadar publicou uma entrevista exclusiva com o guitarrista do DREAM THEATER, John Petrucci. Um trecho está disponível abaixo:

951 acessosRio Rock City: Mike Portnoy e a carreira depois do Dream Theater5000 acessosGastão Moreira: A coleção do VJ, apresentador e jornalista musical

MR: Se você pudesse destacar um princípio musical que você acredita levar a melhores resultados na guitarra, qual seria?

Petrucci: "Para mim, seria o senso de melodia. Eu acho que é bem importante, porque a melodia é o único lugar onde você pode realmente ter uma voz e ser único. É algo mágico - você pode conjurar todos os tipos de sentimentos, sejam eles ótimos, únicos, familiares e reconhecíveis, para evocar algum tipo de emoção. Eu acho que guitarristas que possuem um grande senso de melodia, um bom foco melódico, sempre são aqueles que se destacam. Steve Morse, David Gilmour, Tommy Emmanuel, Joe Satriani - você sabe, caras assim."

MR: Quais os músicos mais influentes em formar sua abordagem à guitarra?

Petrucci: "Para mim seria Steve Morse. O momento que eu o ouvi tocar, ele não só me deixou boquiaberto, mas realmente me inspirou a tentar fazer melhor, expandir minha guitarra e minha composição. Então consegui vê-lo ao vivo e finalmente o conheci, fiquei seu amigo e toquei com ele no G3. Ele nunca deixa de ser uma inspiração - uma luz positiva quanto a ser persistente, ter uma forte ética de treinamento, ser criativamente melhor, trabalhar duro como músico, obter tom, obter a arte da guitarra... Todas essas coisas são realmente influências para mim."

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 22 de junho de 2016

Mike PortnoyMike Portnoy
O que ele acha sobre "estar em muitas bandas"?

951 acessosRio Rock City: Mike Portnoy e a carreira depois do Dream Theater967 acessosDream Theater: Images and Words conquistando gerações após 25 anos0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Dream Theater"

TraduçãoTradução
O clássico Scenes From a Memory, do Dream Theater

Tina STina S
Aos 14 anos, detonando Dream Theater

11 de Setembro11 de Setembro
Saiba como o atentado às torres atingiu o Rock

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Dream Theater"0 acessosTodas as matérias sobre "Deep Purple"0 acessosTodas as matérias sobre "Steve Morse"

Collectors RoomCollectors Room
A coleção de Gastão Moreira, ex-VJ do programa Fúria Metal

Globo ReprterGlobo Reprter
De onde surgiu a instigante música da abertura?

GhostGhost
De quais bandas brasileiras eles gostam?

5000 acessosNightwish: Tarja Turunen fala sobre sua demissão da banda5000 acessosGuitarristas: E se os mestres esquecessem como se toca?5000 acessosIron Maiden: banda cai no riso em show nos EUA de 20085000 acessosGuitarra: mais uma vez, qual a diferença entre punk e metal?5000 acessosJohn Lennon: O tardio perdão do Vaticano à blasfêmia5000 acessosGuns N' Roses: Syang incorpora Axl Rose em "reality cópia" do SBT

Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online