Matérias Mais Lidas

imagemO que mais impede Kiko Loureiro de voltar ao Angra? (Não tem nada a ver com o Megadeth)

imagemHumberto Gessinger faz símbolo do "L" do Lula com a mão em show e fãs vibram

imagemBill Hudson diz que tatuagem pode ter sido entrave para entrar no Megadeth

imagemMarcos Mion conta história de encontro (e manjada) com Bon Jovi no banheiro

imagemA curiosa opinião de Ozzy sobre cover do Metallica para "Sabbra Cadabra"

imagemBeatles: Paul McCartney conta a história por trás de "Ob-La-Di, Ob-La-Da"

imagemBruce Dickinson diz o que o surpreendeu quando retornou ao Iron Maiden

imagemEdgard Scandurra, do Ira!, explica atual sumiço do rock nas rádios brasileiras

imagemAutor de "God Save The Queen", Johnny Rotten diz que sente orgulho da Rainha Elizabeth

imagemLuísa Sonza posta fotos com camiseta da banda de death metal Morbid Angel

imagemMarcello Pompeu, em busca de emprego, pede ajuda a seguidores

imagemO erro geográfico na letra de "All Star", música que Nando Reis fez para Cássia Eller

imagemTaylor Hawkins: Ele estava cansado e pronto pra abandonar o Foo Fighters

imagemO que mudou no rock dos anos 90 pra cá segundo Jimmy Page

imagemOzzy Osbourne revela o único integrante de sua banda que saiu "do jeito certo"


Stamp

Lobão: Tom Cardoso conta como ele tentou achar Osama Bin Laden

Por João Paulo Andrade
Fonte: Tom Cardoso
Em 06/12/16

Em divertidíssimo texto em seu Facebook o jornalista Tom Cardoso teceu alguns comentários sobre a sua experiência trabalhando ao lado de Lobão na revista Outra Coisa que o músico capitaneou. Seguem alguns trechos.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A profissão de jornalista é uma merda, mas a gente se diverte. E não tinha nada mais hilário do que as reuniões de pauta da revista "Outra Coisa".

O Lobão queria de qualquer jeito que eu entrevistasse o Osama Bin Laden. Juro. Eu tentava argumentar, dizendo que se a CIA não tinha pistas do cara, eu, um repórter preguiçoso, teria certa dificuldade. Ele insistia. E a mulher dele dava corda. Papo de maluco total.

Eu trabalhava, nessa época, na redação do jornal Valor. Toda tarde, o Lobão ligava:

– Tom, conseguiu achar o Osama?

Eu achava que era melhor não contrariar:

Lobão, tô mexendo os pauzinhos, falando com as minhas fontes. Calma, a gente chega lá.

O Lobão nunca me pagou. Recebia a grana, mas não pagava os colaboradores.

A última vez que falei com o Lobão foi por telefone. Ele tinha feito a pergunta de sempre e eu, de saco cheio por não receber, com monte de conta pra pagar, respondi:

Lobão, achei o homem.
– Você está brincando. Sério?
– Sim. Você me manda para o Afeganistão?
– Humm. Não consegue fazer por e-mail?

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Pensei em dizer que nas montanhas de Tora Bora não tinha wi-fi, mas achei melhor acabar com aquela maluquice.

Leia o texto completo no link abaixo.

https://www.facebook.com/tom.cardoso.562

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

PRB
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp




Sobre João Paulo Andrade

Sempre quis viver de Rock e/ou Heavy Metal. Tentou tocar baixo mas era tremendamente incompetente no instrumento. Em 1996 criou o site Whiplash.Net e hoje vive do seu sonho. :-)

Mais matérias de João Paulo Andrade.