Megadeth: houve pressão para banda ficar menos metal nos anos 90

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Igor Miranda
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 22/02/17. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

O baixista David Ellefson disse, em entrevista ao Sixx Strings, que houve pressão para que o Megadeth ficasse mais comercial na década de 1990. A ideia era que a banda se aproximasse mais do rock e fugisse um pouco de suas raízes metálicas.

2292 acessosMegadeth: por que "Dystopia" é tão diferente de "Super Collider"5000 acessosMegadeth: Dave Mustaine elege seu top 5 da Austrália e UK

"Ao longo dos anos, especialmente no fim da década de 1990, quando tivemos grande sucesso comercial, sofremos com a pressão de fora, da gravadora, até dos empresários, para nos encaixarmos em algo mais rock, na veia mainstream, e não funcionou para nós. Demorou vários anos até que retomássemos o caminho devido", afirmou.

Ellefson destacou o bom trabalho feito com "Dystopia", justamente pela retomada às raízes thrash metal. "'Dystopia' é um grande disco de metal e fizemos com esta intenção. Dave Mustaine até disse, 'olha, se isto não funcionar, não tenho mais ideia'. E é engraçado, porque estávamos trabalhando em riffs complexos e arranjos e, no fim do dia, é o que nossos fãs querem de nós", disse.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

MegadethMegadeth
Por que "Dystopia" é tão diferente de "Super Collider"

925 acessosMegadeth: Novas esculturas lançadas pela KnuckleBonz1087 acessosMegadeth: em vídeo, uma compilação de gargalhadas de Mustaine0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Megadeth"

BroderickBroderick
Estar no Megadeth é constantemente pesar prós/contras

Kiko LoureiroKiko Loureiro
O encontro com DJ Ashba na Polônia

Mustaine para HetfieldMustaine para Hetfield
"Nós mudamos o mundo, irmão"

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 23 de fevereiro de 2017

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Megadeth"

MegadethMegadeth
Dave Mustaine elege seu top 5 da Austrália e UK

Van HalenVan Halen
Os seis álbuns definitivos da carreira de Michael Anthony

Quem é ele?Quem é ele?
A história do bebê imortalizado na capa de Nevermind

5000 acessosIron Maiden: Aquiles Priester e a foto de uma vida5000 acessosNirvana: após cover estranho, Claudia Ohana diz que público não a entendeu5000 acessosDuff sobre Axl: "Ele é só um cara preso a acontecimentos!"5000 acessosKiko Loureiro: foto pagando mico em karaokê com Dave Mustaine5000 acessosMegadeth: Dave Mustaine aponta substituto de Chris Adler5000 acessosRatos de Porão: assista à entrevista de Gordo ao Cocoricó

Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e apaixonado por rock há mais de uma década. Começou a escrever sobre música em 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Atualmente, é redator-chefe da área editorial do site Cifras e mantém um site próprio (www.IgorMiranda.com.br). Também co-fundou o site Van do Halen, para o qual trabalhou até 2013 – apesar de ainda manter por lá uma coluna semanal, chamada Cabeçote.

Mais informações sobre Igor Miranda

Mais matérias de Igor Miranda no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online