Megadeth: Ellefson fala da felicidade em ganhar um Grammy

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Igor Miranda
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 20/02/17. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

O baixista David Ellefson falou, em entrevista à rádio Banana 101.5, de Flint, Estados Unidos, sobre a felicidade que os membros do Megadeth sentiram ao conquistar seu primeiro Grammy. O grupo havia sido indicado por 12 vezes até, enfim, levar para casa o prêmio de "Melhor performance metal", pela música "Dystopia".

1807 acessosMegadeth: cinco vezes onde a banda foi melhor que o Metallica5000 acessosPhotoshop: Luan Morrison, Ivete Osbourne, Axl Teló e mais

"É 12 vezes melhor saber que temos um Grammy. Sempre vamos sabendo que temos uma chance. Ser convidado já é algo grande. A maior coisa é quando você está sentado e dizem: 'e o Grammy vai para...'. E, desta vez, foi ainda melhor quando disseram que iria para 'Dystopia', do Megadeth. Estamos nas nuvens com isto", afirmou.

Ellefson revelou, também, o pensamento comum quando o Megadeth não levava o prêmio. "Nossa gravadora fazia uma festa e nos queria por lá, no tapete vermelho. A noite durava para sempre, o que era fantástico. Era algo como, 'por favor, não deixe esta noite terminar'", disse.

O músico revela que sempre ficou para a festa, exceto da primeira vez em que foi, em 1993. "Era 'Countdown To Extinction', nosso grande disco. Era o primeiro ano com pré-transmissão. Nunca me esqueço quando Mary Chapin Carpenter e Lyle Lovett anunciaram o Grammy ao Nine Inch Nails. Gostamos deles, era uma banda legal, Trent Reznor merecia. Mas estávamos tristes e Marty disse: 'ok, estamos fora'. A limousine não havia nem estacionado e já estávamos indo embora", afirmou.

Comente: Merecido o Grammy do Megadeth?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 21 de fevereiro de 2017

MegadethMegadeth
Cinco vezes onde a banda foi melhor que o Metallica

2228 acessosHeavy Metal: os 10 melhores riffs dos anos noventa487 acessosMarty Friedman: ouça "Miracle", single do novo álbum solo3470 acessosMetallica: e se James Hetfield cantasse no Megadeth?0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Megadeth"

Sexta-feira 13Sexta-feira 13
Treze músicas para escutar nesta data

MegadethMegadeth
Broderick saiu porque quem manda na banda é Mustaine

Dave MustaineDave Mustaine
O que acontece quando você o encontra pela primeira vez?

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Megadeth"

PhotoshopPhotoshop
Luan Morrison, Ivete Osbourne, Axl Teló e mais

InfluênciasInfluências
Folk Metal e Música Celta

Bandas de rockBandas de rock
O logo pode ser tão memorável quanto o maior hit

5000 acessosWest Ham: o time do coração de Steve Harris5000 acessosBlind Faith: uma das capas mais polêmicas da história5000 acessosMetallica: sobre o que fala "For Whom The Bell Tolls"3783 acessosBlack Sabbath: reuniões, qual se saiu melhor?5000 acessosDerrick Green e Andre Matos: vocalistas falam sobre vegetarianismo e adoção de animais5000 acessosTom Grosset: O mais rápido baterista do mundo segundo o Guinness

Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e apaixonado por rock há mais de uma década. Começou a escrever sobre música em 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Atualmente, é redator-chefe da área editorial do site Cifras e mantém um site próprio (www.IgorMiranda.com.br). Também co-fundou o site Van do Halen, para o qual trabalhou até 2013 – apesar de ainda manter por lá uma coluna semanal, chamada Cabeçote.

Mais informações sobre Igor Miranda

Mais matérias de Igor Miranda no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online