Metallica: Joey Vera não se arrepende de recusar teste nos anos 80

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Igor Miranda
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 14/03/17. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

O baixista Joey Vera (Armored Saint, Fates Warning) não se arrepende de ter se negado a fazer um teste para a vaga de baixista do Metallica. Ele era uma das opções para substituir Cliff Burton, após o acidente que tirou a sua vida em 1986.

26 acessosLars: com qual banda ele adoraria que o Metallica saísse em turnê?5000 acessosSepultura: Derrick Green não era o cara certo, diz Max Cavalera

O músico falou sobre o assunto em entrevista ao site Stormbringer. "Após Cliff morrer, a banda entrou em modo de audição e ouviu muitas pessoas. Havia muitas pessoas mandando fitas e tentando um teste. Eles ainda estavam sentindo falta do amigo e foi uma época péssima para todos eles", disse.

Ele conta que, em determinado momento, os integrantes do Metallica queriam apenas testar pessoas que já conheciam. "Então, Lars me ligou. Nunca me chamaram para entrar, apenas contaram o que eu acabei de contar e perguntou se eu poderia fazer uma jam com eles. Eu disse que me senti honrado com o convite e disse que pensaria à noite para responder na manhã seguinte", afirmou.

Apesar da honra, Joey Vera preferiu recusar o convite. "Naquela época, o Armored Saint estava no meio das gravações de 'Raising Fear', nosso 3° disco com a Chrysalis (gravadora). Não estava preparado para sair do Armored Saint. Tive que pensar até mesmo em razões para ir até lá e fazer a jam. Teria que ir com o inuito de entrar para a banda. E eu não estava preparado. Liguei para Lars e, educadamente, recusei a oferta. E ele ficou de boa com isto", afirmou.

Joey conta que não se arrependeu de sua decisão. "Essas coisas acontecem por uma razão. As escolhas que fiz me transformaram em quem sou, o que eu não mudaria por nada no mundo. Estou feliz com quem sou hoje", afirmou.

A vaga acabou ficando com Jason Newsted, que ocupou o posto de 1986 até meados de 2000. Em 2003, Robert Trujillo entrou para o Metallica e está com o grupo até hoje.

Já o Armored Saint chegou a acabar em 1992, teve uma reunião entre 1999 e 2003 e voltou em definitivo a partir de 2008. Joey Vera nunca saiu da banda. Em 1996, ele também se juntou ao Fates Warning e permanece até hoje. Entre 2004 e 2005, substituiu Frank Bello no Anthrax.

Comente: Como teria sido a história do Metallica se ele tivesse ocupado a vaga?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Lars UlrichLars Ulrich
Com qual banda ele adoraria que o Metallica saísse em turnê?

1405 acessosMetallica: reveja performance completa em São Francisco0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Metallica"

Avenged SevenfoldAvenged Sevenfold
E se Lars Ulrich fosse o baterista da banda?

False MetalFalse Metal
Tem muita gente que diz que é fã do Pantera...

MetallicaMetallica
Como é ver o show de cima do palco?

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Metallica"0 acessosTodas as matérias sobre "Armored Saint"0 acessosTodas as matérias sobre "Fates Warning"0 acessosTodas as matérias sobre "Anthrax"


SepulturaSepultura
Derrick Green não era o cara certo, diz Max Cavalera

Separados no nascimentoSeparados no nascimento
Paul Stanley e Ioná Magalhães

CuriosidadesCuriosidades
10 músicas que foram "tomadas" emprestadas

5000 acessosIron Maiden: as dez melhores músicas, segundo a Loudwire5000 acessosFotos de Infância: Evanescence5000 acessosSeparadas no nascimento: Amy Lee (Evanescence) e Shione Cooper (atriz pornô)5000 acessosMike Chlasciak: é óbvio que Axl Rose tem "coração de Metal"5000 acessosQueen: The Voice é o insulto final à música, diz May3450 acessosMegadeth: as dez melhores músicas, conforme o Loudwire

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 14 de março de 2017


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e apaixonado por rock há mais de uma década. Começou a escrever sobre música em 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Atualmente, é redator-chefe da área editorial do site Cifras e mantém um site próprio (www.IgorMiranda.com.br). Também co-fundou o site Van do Halen, para o qual trabalhou até 2013 – apesar de ainda manter por lá uma coluna semanal, chamada Cabeçote.

Mais informações sobre Igor Miranda

Mais matérias de Igor Miranda no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online