Sam Paulicelli: os 14 erros mais comuns que os bateristas de metal cometem.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ivison Poleto dos Santos, Fonte: ultimateGuitar.com, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

O baterista do Decrepit Birth, Sam Paulicelli, fez uma lista bem humorada dos erros mais comuns que os bateristas de metal cometem.
É como diz o ditado: "Baterista que atrasa, não adianta!".

Os 14 erros mais comuns:

01. Perder o tempo;
02. Pés errantes;
03. "O econômico";
04. Não conseguir tocar com metrônomo;
05. Toques de aros em tudo, exceto nos pratos;
06. Só pés, nada de mãos;
07. Batidas que não fazem sentido;
08. "Só toco as viradas do Portnoy";
09. "Eu não faço nenhuma virada";
10. Muito rápido, mas errante;
11. Acelerar nas viradas;
12. Chimbaus doidos;
13. "Se solta, cara!" ;
14. Deixar cair as baquetas.


Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por escolha do autor os comentários foram desativados nesta nota.


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Decrepit Birth"


Death Metal: cinco bateristas do gênero que são insanosDeath Metal
Cinco bateristas do gênero que são insanos


Hard Rock: as 25 melhores músicas acústicas do gêneroHard Rock
As 25 melhores músicas acústicas do gênero

Homossexualidade: Alguns dos gays mais conhecidos no rockHomossexualidade
Alguns dos gays mais conhecidos no rock


Sobre Ivison Poleto dos Santos

Veterano das guerras metálicas. Pesquisador, escritor, resenhista, músico frustrado (por isso tudo o anterior). Ao contrário da opinião comum, acho que o melhor do Metal ainda está por vir e que existem grandes bandas novas por aí. Só procurar. No meu caso elas vêm até mim.

Mais matérias de Ivison Poleto dos Santos no Whiplash.Net.

adGoo336