Megadeth: Mustaine explica um dos motivos da saída de Marty Friedman

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por João Paulo Andrade, Fonte: Blabbermouth
Enviar correções  |  Comentários  | 

Em uma nova entrevista com a AXS, Dave Mustaine foi questionado sobre como ele decide qual guitarrista toca quais solos quando o MEGADETH compõe.

2982 acessosMegadeth: cinco vezes onde a banda foi melhor que o Metallica5000 acessosDanilo Gentili: O sertanejo tem mais atitude roqueira que o próprio roqueiro

"É muito simples. É baseado na base da música. Sou melhor em tocar bases do que em fazer solos. Considero-me um bom solista, mas se a base for complicada eu não consigo solar sobre ela. Outras pessoas conseguem. Então, eu vou tocar a base mais complicada e deixá-los fazer o solo sobre esta base. Mas quando a base é mais simples, eu posso fazer o solo. Esse é geralmente o caminho mais óbvio para escolhermos quem faz o que. Mas haverá momentos em que simplesmente não é dessa maneira."

"Uma das principais razões pelas quais Marty Friedman deixou o MEGADETH foi por causa do solo em 'Breadline' [do álbum 'Risk' de 1999]. Essa era uma música em que Marty queria muito fazer o solo. E ele fez. Mas nosso management disse: 'Não gostamos do solo'. Marty já havia desaparecido, então concordei em refazer. Mas eu disse que eles teriam que dizer a Marty que não gostavam de seu solo e queriam que ele fosse refeito, porque eu sabia que isso causaria problemas. Então, estamos sentados na sala de controle e a música surgiu. Todos estão lá, estamos todos animados. Eu todo inocente e feliz porque achava que eles tinham dito a Marty que seria meu solo, não o dele. Então a música aparece e lá está meu solo. David Ellefson [baixista do MEGADETH] e eu olhamos para Marty, e ele tem lágrimas correndo pelo rosto. Eu estava tipo: 'Oh, meu Deus! Vocês não disseram a ele!' Eu me sentia terrível. Essas são as pequenas coisas que fodem tudo. As pessoas não vêem essa parte. Eles acham que é minha culpa. Eu quero dizer... claro que eu tive participação nisso, sim. Mas quem esqueceu de dizer a ele?"

Comente: "Claro que eu tive participação nisso, sim. Mas quem esqueceu de dizer a ele?"

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 06 de julho de 2017

MegadethMegadeth
Cinco vezes onde a banda foi melhor que o Metallica

2601 acessosHeavy Metal: os 10 melhores riffs dos anos noventa494 acessosMarty Friedman: ouça "Miracle", single do novo álbum solo3487 acessosMetallica: e se James Hetfield cantasse no Megadeth?0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Megadeth"

MegadethMegadeth
160 músicas tocadas em ordem cronológica

MegadethMegadeth
Porque tantos foram demitidos? Mustaine tenta explicar

King DiamondKing Diamond
Vetado por Dave Mustaine em show do Volbeat

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Megadeth"

Danilo GentiliDanilo Gentili
O sertanejo tem mais atitude roqueira que o próprio roqueiro

João GordoJoão Gordo
Quais são as bandas que ele ouve hoje em dia?

Gothic MetalGothic Metal
Os dez trabalhos essenciais do estilo

5000 acessosÔôôôôeeee: Sílvio Santos aprova montagem com Steve Harris5000 acessosOzzy x Sharon: conheça a mulher que supostamente causou a separação5000 acessosElvis Presley: A filmografia do Rei do Rock5000 acessosGuns N' Roses: estúdio e ao vivo, expectativa e realidade5000 acessosCinema: o melhor e o pior dos rockstars em filmes5000 acessosSepultura: ouça versão original de "Roots, Bloody Roots"

Sobre João Paulo Andrade

Sempre quis viver de Rock e/ou Heavy Metal. Tentou tocar baixo mas era tremendamente incompetente no instrumento. Em 1996 criou o site Whiplash.Net e hoje vive do seu sonho. :-)

Mais matérias de João Paulo Andrade no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online