Joe Satriani: Glenn Hughes no novo disco e faixa inédita liberada

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Carol Manzatti, Fonte: UltimateGuitar.com, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

Assim que Joe Satriani anunciou seu próximo álbum, o "What Happens Next", que será lançado em 12 de janeiro, a informação sobre Glenn Hughes fazer parte desse trabalho deixou alguns fãs curiosos, se o ex baixista do Deep Purple irá cantar nesse disco ou não.

Slash: uso excessivo de drogas chocou David BowieCover: 15 bandas que são quase tão boas quanto o original

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Durante uma entrevista com Eddie Trunk, Joe esclareceu que esse novo álbum é completamente instrumental: "Pouco antes de Glenn lançar seu último álbum solo (o Resonate de 2016, que também conta com o baterista Chad Smith) eu tinha em minha mente que ele era o baixista certo para gravar esse meu disco. Mas eu mesmo achei que isso era só uma ideia louca porque ele nunca aceitaria, já que talvez ele não gostaria de apenas tocar baixo, ele é um cantor incrível também."

Faixa 'Heavy' do álbum solo de Glenn em 2016:

Satriani segue: "Mas era um pensamento que ficava dando volta na minha cabeça enquanto eu estava em turnê, eu ficava pensando 'Sim, isso seria tão legal, porque se ele aceitar, aí eu posso fazer tal coisa' sabe?. E então a bateria do Chad surgiu na minha mente e então eu pensei 'eles tocam muito juntos, eles gravaram juntos' e me perguntei se eles estariam dispostos a gravar um trabalho inteiro instrumental igual a esse. Eu inocentemente os convidei e fiquei esperando por uma resposta. E eles responderam quase que imediatamente, os dois, dizendo que estavam totalmente dentro."

Falando sobre as sessões de gravação, Joe acrescentou: "Estar no Sunset Sound (estúdio em Los Angeles) com esses dois caras foi tão legal. Eu realmente consegui o que eu estava procurando, que era uma verdadeira celebração ao rock, com muito groove. Porque eu realmente queria evoluir nos elementos progressivos, de jazz e fusion, como eu já venho utilizando nos últimos álbuns. Eu pensei 'Eu quero fazer isso com mais foco, algo mais 'físico', mais humano, coisa de um guitarrista com os dois pés no chão, sem usar nada baseado em ficção científica ou alter ego."

"Eu não poderia ter escolhido um time melhor. Eles são absolutamente maravilhosos. E quando tudo começou, éramos apenas 3 caras dentro de um estúdio, e todos ali eram as estrelas, era isso que eu queria. Eu estou muito feliz".

Ouça a primeira faixa liberada (áudio) do novo disco, a 'Energy':

http://vevo.ly/1ppkxe




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Joe Satriani"Todas as matérias sobre "Glenn Hughes"


Faixas Instrumentais: VH1 elege as 20 melhores do Hard e MetalFaixas Instrumentais
VH1 elege as 20 melhores do Hard e Metal

Steve Vai: as 10 melhores faixas de guitarra na opinião deleSteve Vai
As 10 melhores faixas de guitarra na opinião dele


Slash: uso excessivo de drogas chocou David BowieSlash
Uso excessivo de drogas chocou David Bowie

Cover: 15 bandas que são quase tão boas quanto o originalCover
15 bandas que são quase tão boas quanto o original


Sobre Carol Manzatti

Ex-baterista, cozinheira, apaixonada por rock'n'roll. Viveria da música se possível, mas ainda não foi aceita no Iron Maiden, então seguirá só escrevendo sobre bandas. Fã do Darth Vader.

Mais matérias de Carol Manzatti no Whiplash.Net.

adGoo336