RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemRoger Waters se defende, mas David Gilmour fica do lado da esposa e confirma tudo

imagemMegadeth é processado por artista que criou capa do último disco da banda

imagemEm 1974, Raul Seixas explicava detalhes dos significados por trás da letra de “Gita”

imagemA opinião de Humberto Gessinger sobre movimentos separatistas da região Sul do Brasil

imagemBruce Dickinson explica como cuida de sua voz

imagemQuando Roberto Carlos foi alfinetado por Raul Seixas, mas o Rei gostou do que ouviu

imagemVocalista do Stryper afirma que Metallica é a banda de metal que ele menos gosta

imagemAndreas Kisser tira uma com o Flamengo após derrota; "Tri mundial só um"

imagemCinco ícones do heavy metal que morreram de forma trágica

imagemPróximo álbum do Metallica será lançado em fitinha que custa mais de 80 reais

imagemRoger Waters ataca a Ucrânia e é ofendido por esposa de David Gilmour

imagemComo Brian May acabou fazendo participação especial em disco dos Paralamas do Sucesso?

imagemNervosa anuncia que próximo disco de estúdio está gravado

imagemDave Mustaine diz que atual formação do Megadeth é mais bem-sucedida em anos

imagemPróximo do Angra contará com Fernanda Lira, Mayara Puertas, Karina Menascé e Angel Sberse


Stamp

Millencolin: Baterista fala sobre os primórdios na cena sueca

Por Homero Pivotto Jr.
Fonte: Abstratti Produtora
Postado em 01 de outubro de 2017

Os suecos do Millencolin fazem nova turnê pelo Brasil em outubro. Aproveitando o gancho da nova passagem pelo país, o baterista Fredrik Larzon disse estar ansioso para tocar novamente por aqui. Além disso, comentou sobre o rock feito na Suécia e o início da banda que integra até hoje.

"Quando começamos a banda, havia poucas bandas fazendo algo similar (No Fun At All, Superdong/Skumback, Randy, Satanic Surfers etc). Creio que fomos pegos pelo punk/hc estadunidense, especialmente o do sul da Califórnia. O skate também foi crucial! Sem skate, provavelmente não haveria Millencolin. Os outros três caras (Nikola Sarcevic — baixo e voz, Mathias Färm — guitarra e Erik Ohlsson — guitarra) andam de skate desde adolescentes e ficavam praticando no carrinho sempre que não estávamos ensaiando. Ouvimos um monte de música que nos inspirou nos vídeos de skate e decidimos começar uma banda no estilo desses artistas. A gente também tocava em outras bandas. Não demorou muito para abandonarmos os outros projetos musicais e focarmos no Millencolin."

A entrevista completa pode ser lida neste link, disponível no site da Abstratti Produtora, responsável pelo show do grupo de hardcore melódico em Porto Alegre.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Def Leppard Motley Crue 2


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Homero Pivotto Jr.

Pai do Benjamin, jornalista e assessor de imprensa. Idealizador e apresentador do videocast O Ben para todo mal (que entrevista pessoas ligadas à música para falar sobre filhos e som). Vocalista da Diokane e da Tijolo Seis Furos (TSF).
Mais matérias de Homero Pivotto Jr..