Bruce Dickinson: peidos, amizade e heavy metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fotoboard Tramparia, Fonte: Portalblog Cifra Negra
Enviar Correções  

No início da década de 1980, antes de ir em definitivo para o IRON MAIDEN, BRUCE DICKINSON também era vocalista da banda SAMSON, ao lado do guitarrista-fundador Paul Samson, do baixista Chris Aylmer e do baterista Barry Graham.

Astros do rock: o patrimônio líquido de cada um

Chinese Democracy: de 1994 a 2008, a saga do álbum mais caro da história

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

As sessões de gravação do álbum Shock Tactics, lançado em 1981, foram repletas de momentos de descontração entre os membros da SAMSON.

Numa delas, o produtor Tony Platt conta como caiu na cilada dos peidos, uma brincadeira armada e posteriormente gravada pelos integrantes da banda.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Eles tinham o hábito de gravar, além da sonzeira que produziam, as bizarrices diárias que aconteciam no estúdio.

A atmosfera calma e descontraída cessava quando voltavam ao trabalho. Isso se confirma ao ouvir Shock Tactics na íntegra, onde o heavy metal clássico, explosivo e de fácil absorção é notório.

A primeira faixa do álbum é um cover da música Riding With The Angels, da banda ARGENT.

O trecho abaixo foi retirado do livro BRUCE DICKINSON, escrito pelo autor Joe Shooman.

Local de Publicação: Belo Horizonte | Ano: 2014 | Páginas: 304 | Editora Gutenberg |Imagem Capa: Diogo Droschi (sobre imagem de Hayley Madden - Rex Features).
Local de Publicação: Belo Horizonte
Ano: 2014
Páginas: 304
Editora Gutenberg
Imagem Capa: Diogo Droschi (sobre imagem de Hayley Madden - Rex Features).

"Mas na época, o único foco era curtir rock e criar, talvez, uma das mais bizarras (e raras) gravações não oficiais que existem."

Faixa 2: Earth Mother | Álbum: Shock Tactics (1981) | SAMSON

"Ainda tenho uma fita cassete na qual Paul gravou todo tipo de take idiota dessas sessões. BRUCE ainda deve ter uma cópia também, pois Paul fez uma para todo mundo", continua Platt.

"Isso aconteceu porque alguém havia deixado duas balas na beirada da mesa. Eu era o inocente da turma, e um dia perguntei:

‘De quem são essas balas?’, e BRUCE, ou Paul, disse: ‘São minhas. Pode pegar se quiser’. Então agradeci e peguei uma.

Aí percebi que todos estavam segurando o riso e disse: ‘Que porra é essa então? O que tinha nessas balas?’, e responderam: ‘Bem, eram balas de peido’. Todos ficamos naquela:

‘Ah…não pode ser!’. E cerca de dez minutos depois, descobrimos que elas eram de fato incrivelmente eficazes o que significa que todos então comeram também.

Todo mundo ficou no estúdio soltando aqueles peidos incríveis.

Então, pegamos um microfone e o ligamos direto em um dos gravadores durante todo o dia dava para ver alguém do nada saindo no meio da conversa, atravessando o estúdio rapidamente, ligando o gravador e soltando um peido bem no microfone.

É possível ouvir todas as pessoas no fundo fazendo comentários: ‘Ah não!’, e esse tipo de coisa. Essa é a ‘fita do peido’."

"E havia aquelas expressões próprias das sessões de gravação. Tudo o que era muito ruim era ‘Muito rum…, ‘Isso foi muito rum!’.

Todas essa expressões rolavam lá. Foi um álbum muito legal de se fazer. Foi muito divertido".

BRUCE DICKINSON, ao vivo com a banda da carreira solo, tocando o cover da música Riding With The Angels, durante a Tattooed Millionaire Tour 1990.

Versão da música original composta por Russ Ballard, guitarrista e tecladista da banda ARGENT, formada em 1977, pelo vocalista e tecladista Rod Argent, também fundador da THE ZOMBIES, grupo inglês que fez sucesso na década de 1960.

Essa matéria faz parte da categoria Trecharias BioRockers do portalblog cifranegramisterial.com.

Comente: "Que porra é essa então? O que tinha nessas balas?"




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Astros do rock: o patrimônio líquido de cada umAstros do rock
O patrimônio líquido de cada um

Chinese Democracy: de 1994 a 2008, a saga do álbum mais caro da históriaChinese Democracy
De 1994 a 2008, a saga do álbum mais caro da história


Sobre Fotoboard Tramparia

Fotógrafo artístico que registra e cria cenários com objetos ligados a cultura pop/rock, como CDs, livros, camisetas etc. Edita textos, fotos e divulga bandas no Portalblog cifranegramisterial.com. Desde os tempos de guri, ouve Led Zeppelin, The Cult, Rush, AC/DC, Iron Maiden, Guns N' Roses, Alice In Chains, entre outras inúmeras lendas do rock/metal. Toca piano e teclado, pratica esportes e está sempre em busca de energia rock and roll e da natureza.

Mais matérias de Fotoboard Tramparia no Whiplash.Net.

Cli336x280 CliIL Cli336x280 CliInline WhipDin