Damn Youth: banda de thrash/crossover lança CD de estreia

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Leonardo Daniel Tavares da Silva, Fonte: Press Release, Press-Release
Enviar Correções  

Press-release - Clique para divulgar gratuitamente sua banda ou projeto.

Rápido e agressivo, com o típico espírito rebelde juvenil e riffs alucinantes do atemporal thrash metal/crossover imortalizado por DRI, Suicidal Tendencies e, no Brasil, pelo Violator, a Damn Youth é revelação nacional do gênero, cujo vigor está presente em ‘Breathing Insanity’, o disco de estreia. O quarteto de Caucaia (Ceará) aproveita o lançamento – em CD e em formato digital – para uma mini tour pelo Sudeste. O primeiro show é em São Paulo no feriado da cidade, dia 25 de janeiro, a partir das 16 horas, no Jai Club.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Lançado pela 255 Recs e Cospe Fogo Gravações, ‘Breathing Insanity’ traz 13 músicas criativas que seguem à risca a cartilha do thrash crossover, balanceando peso e técnica do metal com a inegável aura punk. Ao vivo, a energia é voraz, palavras de quem já presenciou o Damn Youth em alguma das impactantes apresentações nas outras duas passagens por São Paulo.

publicidade

Formada em 2013 por membros ex-membros das bandas Agressive, Berserk, Catholic Youth e Skate Pirata, a Damn Youth é Jardel Reis (baixo), Camilo Neto (guitarra), Elton Luiz (vocal) e Ítalo Rodrigo (bateria) e tem, além do debut, uma demo, um EP e um split com a Lei do Cão (Mossoró, RN).

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Crédito da foto: Maurício Punk

CD Breathing Insanity
​255 Recs/Cospe Fogo

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Oh, não!: clássicos que foram estragados pelo tempoOh, não!
Clássicos que foram "estragados" pelo tempo

Humor: Não basta ouvir Master Of Puppets para ser ThrashHumor
Não basta ouvir Master Of Puppets para ser Thrash


Sobre Leonardo Daniel Tavares da Silva

Daniel Tavares nasceu quando as melhores bandas estavam sobre a Terra (os anos 70), não sabe tocar nenhum instrumento (com exceção de batucar os dedos na mesa do computador ou os pés no chão) e nem sabe que a próxima nota depois do Dó é o Ré, mas é consumidor voraz de música desde quando o cão era menino. Quando adolescente, voltava a pé da escola, economizando o dinheiro para comprar fitas e gravar nelas os seus discos favoritos de metal. Aprendeu a falar inglês pra saber o que o Axl Rose dizia quando sua banda era boa. Gosta de falar dos discos que escuta e procura em seus textos apoiar a cena musical de Fortaleza, cidade onde mora. É apaixonado pela Sílvia Amora (com quem casou após levar fora dela por 13 anos) e pai do João Daniel, de 1 ano (que gosta de dormir ouvindo Iron Maiden).

Mais matérias de Leonardo Daniel Tavares da Silva no Whiplash.Net.

Cli336 WhiFin Cli336 Cli336