2017: Os destaques do ano segundo o colaborador Leandro Fernandes

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Leandro Fernandes
Enviar correções  |  Ver Acessos

Tivemos um ano um bem movimentado no mundo da música pesada, bons discos e outros nem tanto, perdas repentinas como Mário Linhares (DARK AVENGER) e Warrel Dane (EX-NEVERMORE), ambos de muita importância para a comunidade Heavy Metal em si. Tivemos também grandes shows pelo país como: King Diamond (apresentou um dos melhores concertos que já vi na vida), Helloween com uma incrível reunião, Deicide e também os excelentes do Obituary.

Dream Theater: o suposto plágio de música de Leandro & Leonardo?Sexo e Satã: as mensagens subliminares em capas de Rock / Metal

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Abaixo listei aquilo que me agradou e muito neste ano.

Kreator - Gods of Violence

O disco seguiu à risca o que a banda tem feito nos últimos anos, alguns agradam e outros não, um pouco criticado pelo excesso de melodias, mas a banda consegue fazer algo surreal onde não deixa a desejar em nada, começamos bem o ano. Destaque para: "World War Now", "Totalitarian Terror" e "Fallen Brother".

Mastodon - Emperor of Sand

Com este disco a banda criou uma espécie de "ama ou odeia". Conseguiram se firmar mais ainda com uma das melhores bandas da atualidade, mostrando amadurecimento e uma veia criativa infinita, o disco fala por si e com um estilo único de mostrar inovação e competência. Os destaques são: "Show Yourself", "Jaguar God" e "Steambreather".

Cavalera Conspiracy - Psychosis

Sabemos que em shows, Max Cavalera tem deixado a desejar um pouco com a voz, mas em estúdio o cara continua fazendo de forma perfeita suas músicas. "Psychosis" é um disco intenso e pesado, sepulta de vez (sim, com trocadilhos) a quem tinha dúvidas de que seria um excelente disco, chegando a lembrar em algumas partes os clássicos de antigamente, excelente! Destaques: "Insane", "Crom" e "Judas Pariah".

Paradise Lost - Medusa

O Paradise Lost nos surpreende a cada disco lançado e com "Medusa" não foi diferente. A banda manteve a receita usada no anterior "The Plague Within", aquele Doom cadenciado e bom de se ouvir, Nick Holmes está cantando como nunca, acertando sempre a variação de sua linha vocal em cada música, merece muita atenção ao ser ouvido. Para um grande amante de Doom Metal, sempre será bem vindo. Os destaques ficam para: "Medusa", "Shrines" e a perfeita "No Passage for the Dead".

Moonspell - 1755

Moonspell é daquelas bandas que gostam de sempre arriscar e não se preocupar com críticas e como sempre, todos obtiveram êxitos e com "1755" não foi diferente, disco com letras em português e um belíssimo cover para "Lanterna dos Afogados" (Paralamas do Sucesso), com certeza a banda irá sempre nos surpreender com cada lançamento. Destaques: "Todos os Santos", "Ruínas" e "Desastre".

Finalizando segue uma pequena homenagem relativa às duas perdas que tivemos este mês.

Que venha 2018!




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Notícias

Dream Theater: o suposto plágio de música de Leandro & Leonardo?Dream Theater
O suposto plágio de música de Leandro & Leonardo?

Sexo e Satã: as mensagens subliminares em capas de Rock / MetalSexo e Satã
As mensagens subliminares em capas de Rock / Metal


Sobre Leandro Fernandes

Conheci o rock em 1992, tendo o primeiro disco do Iron Maiden. Com o passar dos anos me apeguei ao rock progressivo e tenho bandas como Pink Floyd, Jethro Tull, Rush e Uriah Heep sendo as favoritas. Profissional da área de T.I, casado e uma filha. Sempre buscando conhecimento no rock/metal em geral.

Mais matérias de Leandro Fernandes no Whiplash.Net.

Cli336x280