Angra: Bruno Valverde fala sobre o Ømni e sobre como é estar na banda

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Leonardo Daniel Tavares da Silva, Fonte: Facebook
Enviar Correções  

Bruno Valverde, baterista do ANGRA falou em um grupo sobre o ANGRA no Facebook sobre o "Ømni" e sobre como é estar na banda.

Galera! O título desse texto é: Meu primeiro "textão"

O primeiro disco de Rock/metal que comprei na vida foi o Holy Land.

Hoje, estar na banda, compor junto e ver que 6 / 7 músicas estão entre as 50 virais do Brasil, é incrível. Tudo isso com o suporte de vocês! Quero agradecer em meu nome e mais uma vez em nome da banda.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Preciso dizer: os "haters" sempre existirão (pois precisam de atenção, entendo), mas quem realmente quer somar com a banda pra sempre poder entregar um ótimo trabalho (como considero o Ømni) e também ajudar a reconstruir / engajar a chamada "cena metal brasileira"... SÃO VOCÊS, os apoiadores! Que compram discos, vão aos shows, sabem de fato valorizar quando recebem um trabalho bom e também sabem respeitar o tempo de maturação de novos processos da banda e colocam o ROCK / METAL em primeiríssimo lugar no Spotify (fora as boas posições da "Light of Transcendence", sim, nunca achei que iria ver uma Speedone em 15º lugar em um ambiente de "funk" e afins como é o nosso país)!

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Muito mais do que status, sabem o que significa?
Mais shows, mais discos, mais vida a banda, mais conteúdo que a banda pode oferecer considerando essa retroalimentação que estamos nesse momento do nosso novo disco!

Nos vemos nos shows???

Grande abraço e obrigado mais uma vez,
Bruno




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Punk Rock: os 25 melhores discos segundo o site IGNPunk Rock
Os 25 melhores discos segundo o site IGN

Black Sabbath: Tony Iommi explica como tocar ParanoidBlack Sabbath
Tony Iommi explica como tocar "Paranoid"


Sobre Leonardo Daniel Tavares da Silva

Daniel Tavares nasceu quando as melhores bandas estavam sobre a Terra (os anos 70), não sabe tocar nenhum instrumento (com exceção de batucar os dedos na mesa do computador ou os pés no chão) e nem sabe que a próxima nota depois do Dó é o Ré, mas é consumidor voraz de música desde quando o cão era menino. Quando adolescente, voltava a pé da escola, economizando o dinheiro para comprar fitas e gravar nelas os seus discos favoritos de metal. Aprendeu a falar inglês pra saber o que o Axl Rose dizia quando sua banda era boa. Gosta de falar dos discos que escuta e procura em seus textos apoiar a cena musical de Fortaleza, cidade onde mora. É apaixonado pela Sílvia Amora (com quem casou após levar fora dela por 13 anos) e pai do João Daniel, de 1 ano (que gosta de dormir ouvindo Iron Maiden).

Mais matérias de Leonardo Daniel Tavares da Silva no Whiplash.Net.

GooAdHor Goo336