Matérias Mais Lidas

imagemO mega sucesso do Led Zeppelin que era pra ser uma piada mas se tornou um hino

imagemA banda de hard rock dos anos 1970 que é a queridinha de Xande de Pilares

imagemMorre Patricia Kisser, esposa do guitarrista Andreas Kisser

imagemAerosmith: Steven Tyler deixa reabilitação e morre esposa de Joey Kramer

imagemAxl Rose teria sofrido ataque de ansiedade antes de show, diz jornal

imagemMetallica em "Stranger Things" deixa fãs preocupados com a "popularização" da banda

imagemLed Zeppelin ou Pink Floyd, qual dos dois vendeu mais discos de estúdio?

imagemGuns N' Roses: A crítica de Portnoy ao trabalho de Matt Sorum

imagemAngra: vídeos e setlist de show celebrando "Rebirth" em SP, com convidada especial

imagemMédico que tratou câncer de Mustaine escreveu letra de faixa do Megadeth

imagemThe Troops of Doom: Jairo Guedz conta porque não consegue falar mal do Iron Maiden

imagemFilho de Trujillo fez guitarra na "Master of Puppets" que toca em Stranger Things

imagemOzzy Osbourne gastou dinheirão em maconha, mas não fumou nada

imagemA bizarra exigência de Ace Frehley para participar da última turnê do Kiss

imagemRob Halford posa para foto ao lado de Paul Stanley


Stamp

Judas Priest: por que a banda não foi tão grande, segundo K.K. Downing

Por Igor Miranda
Fonte: Iron City Rocks / Blabbermouth
Em 10/09/18

O guitarrista K.K. Downing refletiu, em entrevista ao podcast "Iron City Rocks" (transcrição via Blabbermouth), sobre a carreira e o impacto do Judas Priest ao longo das décadas. A banda é uma das mais consagradas no meio do heavy metal, mas o sucesso conquistado pelo grupo nunca refletiu o completo potencial que o músico esperava.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"É só uma observação. Para muitos, o Judas Priest era essa máquina gigante, uma potência de muito sucesso, mas, de certa forma, não conquistamos muitas coisas que outras bandas conseguiram. E muitas bandas nos passadas em termos de sucesso e vendas de discos", disse o guitarrista, inicialmente.

Em seguida, Downing exemplificou sua afirmação citando o Def Leppard, banda britânica que surgiu depois do Judas Priest. "O Def Leppard é um excelente exemplo: indo de banda de abertura do Judas Priest a um disco que, nos Estados Unidos, vendeu 5 ou 6 milhões de cópias, e o seguinte vendeu 9, 10, 11 milhões. Acho que nosso maior sucesso nos Estados Unidos foi 'Screaming For Vengeance', que deve ter vendido duas ou três milhões de cópias. Mesmo o Quiet Riot teve um disco que chegou a 5 ou 6 milhões, o que é o dobro ou mais do que já conseguimos", afirmou.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Por fim, o guitarrista tentou encontrar explicações para a sua observação. "Acho que o 'timing' (momento) foi muito crítico. Por isso, eu digo que o Def Leppard fez esses discos de grande sucesso em 1983 e 1984, suponho, e viemos com o 'Turbo' em 1985 ou 1986. É apenas sobre o 'timing', sobre como as pessoas estão se sentindo em certo ponto da década. Mas, sim, poderia ter sido muito pior, então não reclamo. Tenho muito orgulhos das minhas conquistas e da banda, bem como grande respeito não só com meus colegas de banda, mas, obviamente, a todos os fãs", disse.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Airbourne 2022
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Judas Priest: 10 composições que merecem mais atenção, pela Ultimate Guitar


Judas Priest: Al Atkins teria dado outra cara à banda



Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.

Mais matérias de Igor Miranda.