Matérias Mais Lidas

imagemA banda brasileira que está "pronta para o mercado internacional", segundo Regis Tadeu

imagemMaiden faz homenagem a Eddie, do Stranger Things, que foi inspirado em tragédia real

imagemEdu Falaschi diz que não tem vergonha de suas falas que viraram meme no DVD do "Rebirth"

imagemO rockstar por quem Max Cavalera era fanático, mas não conheceu por causa da bebida

imagemAxl Rose comenta problemas vocais e pede desculpas pelos transtornos

imagemRegis Tadeu explica a verdadeira importância da música do Metallica em "Stranger Things"

imagemFlea agradece brasileiro que teve receio de pedir foto ao encontrá-lo

imagem10 músicas dos Beatles das quais Paul McCartney não gostava

imagemA prática mesquinha de bandas que Edu Falaschi considera "desrespeitoso com o fã"

imagemA opinião de Noel Gallagher sobre Kurt Cobain e o "Nevermind", do Nirvana

imagemSem efeitos ou playback: vídeo de bastidores mostra Glenn Hughes cantando muito

imagemIntegrantes do Metallica não viram a luz do dia durante gravação de "Master Of Puppets"

imagemJeff Beck conta como conheceu Jimmy Page, e o que achou do Led Zeppelin

imagemMúsicos do Metallica ouviam Kate Bush na época da gravação de "Master Of Puppets"

imagemOs 30 anos de "Images And Words", o álbum que mudou a história do Dream Theater


Stamp
Airbourne 2022

Iron Maiden: agora, os fãs estão curtindo os álbuns com Blaze, diz Steve Harris

Por Igor Miranda
Fonte: Eddie Trunk / Blabbermouth
Em 03/08/19

O baixista Steve Harris acredita que, agora, as pessoas estão gostando mais dos álbuns gravados pelo Iron Maiden com o vocalista Blaze Bayley - os polêmicos "The X Factor" (1995) e "Virtual XI" (1998). A afirmação foi feita em entrevista ao jornalista Eddie Trunk (transcrição via Blabbermouth).

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A turnê atual do Iron Maiden, "Legacy of the Beast", apresenta duas músicas desses álbuns, "Sign Of The Cross" e "The Clansman", só que, obviamente, com vocais de Bruce Dickinson. As inclusões não são exatamente uma novidade, já que Dickinson interpreta canções dessa fase desde seu retorno à formação, ocorrido duas décadas atrás. Porém, já fazia um bom tempo que elas não eram tocadas nos shows.

Ao ser perguntado sobre a importância de seguir tocando músicas da "era Blaze", Steve Harris respondeu: "Nós já tocamos essas músicas com bruce antes, ele realmente gosta delas, então, ele ficou feliz. Não vou reclamar, porque estou feliz com ele cantando essas músicas. Acho que isso dá uma misturada no repertório", afirmou.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O músico destacou que os álbuns com Blaze Bayley não repercutiram tão bem, "especialmente nos Estados Unidos", onde a banda está em turnê atualmente. "Porém, essas músicas são realmente boas e, ao vivo, na minha opinião, elas se encaixam. Então, isso cria um repertório interessante", disse.

Questionado se ainda faz defesa das músicas gravadas com Blaze Bayley, Steve Harris respondeu: "Sim, definitivamente. Na época, eu disse que, no futuro, muitas pessoas iriam entender esse álbuns e dar uma nova chance. É o que está acontecendo: muitos estão curtindo esses discos agora. Acho que há músicas muito boas nos dois discos e se destacam para mim, assim como em muitos de nossos outros álbuns".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Por fim, Harris revelou compreender que alguns discos precisem de mais audições para serem compreendidos. "É como qualquer outra coisa: acho que você precisa ouvir mais vezes e acho que muitos não conseguiam superar o fato de termos outro vocalista, o que influenciou. Porém, os discos foram bem recebidos no resto do mundo. Nos EUA, foi mais estranho. Só que eu acho que muitas pessoas estão dando uma segunda chance e curtindo", afirmou.

Em entrevista anterior ao jornalista Mitch Lafon, Bruce Dickinson disse que nunca teve problemas em cantar as músicas de Blaze Bayley. "A vida é muito curta para ficar aí com seu ego. É infantil, estúpido. E algumas músicas funcionaram na minha vida. Outras, não, mas sabe... são músicas que muitos fãs do Iron Maiden compraram e algumas, como 'The Clansman' e 'Sign Of The Cross', nós realmente mandamos bem nelas e acho que são bons materiais. A voz de Blaze, obviamente, é bem diferente da minha, pois tem um registro mais grave. Não estou reclamando, pois consigo usar esse tipo de tom barítono e deixar mais robusto. Gosto de cantar essas músicas", disse.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em declaração à Forbes, o guitarrista Dave Murray disse que considera essas músicas como "clássicos do Iron Maiden". "Pessoalmente, não tive muito a ver com o fato dessas músicas terem entrado para o repertório, mas acho que elas são clássicas. Elas têm tudo o que o Iron Maiden apresenta: introduções calmas, muitas mudanças de tempo, pegada animada e um tanto extensas. Também são boas para se tocar ao vivo. Bruce canta essas músicas de forma incrível. Ainda usamos tudo que o Iron Maiden fez. Não vamos deixar de tocar uma música por ser da era Blaze", disse.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Finlandia 2022
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp



Exodus: "Rick Rubin é uma verdadeira fraude", diz Gary Holt


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.

Mais matérias de Igor Miranda.