Death: "Chuck nunca falou nada sobre religião", afirma Terry Butler

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Carlos Henrique Schmidt, Fonte: Blasting News, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

Em uma entrevista para o Blasting News, o escritor Samuel Di Gangi falou com o baixista Terry Butler (Obituary, ex-Death, ex-Six Feet Under). Leia um trecho abaixo.

Sean Reinert: doação de órgãos do batera do Cynic foi rejeitada por ele ser gayKirk Hammett: "Mustaine toca rápido e eu, melódico"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Di Gangi: Nos primeiros dias, parecia que todo mundo achava que os fãs que gostavam de metal mais obscuro eram por definição, satânicos. Chuck Schuldiner realmente quebrou esse tabu e era cristão. Você acha que a cena nunca foi acerca disso para começar, foi simplesmente uma questão de gostar de arte mais ameaçadora e nunca acerca da religião?

Butler: "Quando eu estava no Death (1987-1990), Chuck nunca mencionou nada sobre religião. Ele nunca trouxe isso para o grupo. Rock'n'roll e metal sempre pareciam sombrios e perigosos. Isso vem do meio. Enquanto você é um garoto de 16 anos de idade, você não é inspirado por borboletas; você é inspirado por zumbis e pelo mal, de certo modo é uma influência musical ".

Di Gangi: O que é ter um passado como você teve com a Death, bem como no Obituary, outro dos fundadores do Death Metal como a América bem sabe e ... nascendo naquela cena incrível da Flórida?

Butler: "É um sentimento bom. Fui abençoado por estar em algumas bandas incríveis com algumas pessoas incríveis . Adoro estar no Obituary. Estávamos abrindo o caminho para futuras bandas naquela época".

Leia a entrevista completa em Blasting News:
https://us.blastingnews.com/showbiz-tv/2020/02/interview-wit...




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Death"


Sean Reinert: doação de órgãos do batera do Cynic foi rejeitada por ele ser gaySean Reinert
Doação de órgãos do batera do Cynic foi rejeitada por ele ser gay

Ed Repka: As artes do criador de capas clássicas do Megadeth, Death e muito mais...Ed Repka
As artes do criador de capas clássicas do Megadeth, Death e muito mais...

Dimebash: Derrick Green, Dave Grohl, Gene Hoglan e outros tocam Roots Bloody RootsDimebash
Derrick Green, Dave Grohl, Gene Hoglan e outros tocam "Roots Bloody Roots"

Death: Sean Reinert tocando Lack Of Comprehension ao vivo em 1991Death
Sean Reinert tocando "Lack Of Comprehension" ao vivo em 1991

Sean Reinert: esposo está muito abalado com a morte do bateristaSean Reinert
Esposo está muito abalado com a morte do baterista

Sean Reinert: Dirk Verbeuren, do Megadeth, faz bela homenagem ao bateristaSean Reinert
Dirk Verbeuren, do Megadeth, faz bela homenagem ao baterista

Neil Peart: ex- baterista do Death faz homenagem tocando Tom SawyerNeil Peart
Ex- baterista do Death faz homenagem tocando "Tom Sawyer"

Death: os 10 maiores riffs da banda

Em 13/05/1967: Morria o genial Chuck Schuldiner, a mente por trás do DeathEm 13/05/1967
Morria o genial Chuck Schuldiner, a mente por trás do Death

Canal Barbônico: Chuck Schuldiner, a mente por trás do Death (vídeo)

Fora do Armário: Ex-membros do Death se assumem como gaysFora do Armário
Ex-membros do Death se assumem como gays

Sean Reinert: doação de órgãos do batera do Cynic foi rejeitada por ele ser gaySean Reinert
Doação de órgãos do batera do Cynic foi rejeitada por ele ser gay


Kirk Hammett: Mustaine toca rápido e eu, melódicoKirk Hammett
"Mustaine toca rápido e eu, melódico"

Guitarristas: você consegue identificar todos nesta imagem?Guitarristas
Você consegue identificar todos nesta imagem?


Sobre Carlos Henrique Schmidt

Graduado em Computação e Administração, a paixão pela música pesada surgiu nos primeiros anos da adolescência e permanece até os dias de hoje. Apesar da preferência pelos estilos mais x-tremos da música pesada (Black, Death, Grind), o seu universo musical não limitado por estes rótulos, mas pelo que a música em si transmite.

Mais informações sobre Carlos Henrique Schmidt

Mais matérias de Carlos Henrique Schmidt no Whiplash.Net.

adClio336 adClioIL