Matérias Mais Lidas

imagemMaiden faz homenagem a Eddie, do Stranger Things, que foi inspirado em tragédia real

imagemOs dez álbuns de Heavy Metal favoritos de Rob Halford, e os dez de qualquer gênero

imagemA prática mesquinha de bandas que Edu Falaschi considera "desrespeitoso com o fã"

imagem10 músicas dos Beatles das quais Paul McCartney não gostava

imagemQuando Dave Mustaine mostrou como tocar uma música do Metallica de forma mais pesada

imagemRichard Fortus diz que Axl Rose danificou as cordas vocais

imagemJoão Gordo diz que era um "bolsominion homofóbico" e explica motivo

imagemO mega sucesso do Led Zeppelin que era pra ser uma piada mas se tornou um hino

imagemLed Zeppelin: Crítica de George Harrison fez Jimmy Page compor "The Rain Song"

imagemMembros do Metallica ficaram deslumbrados com "Master Of Puppets" em "Stranger Things"

imagemO clássico dos Stones que foi escrito em um motel e não deixou Keith Richards satisfeito

imagemSlash explica porque o Guns N' Roses faz shows de 3 horas e meia

imagemIan Gillan e a sua opinião sobre John Lennon como vocalista: "É o cara!"

imagemAerosmith: O pior e o melhor álbum da discografia segundo Joe Perry

imagemDave Mustaine perde a compostura e xinga membro da equipe do Judas Priest


Airbourne 2022
Finlandia 2022

Nervosa: baterista Luana Dametto também anuncia saída da banda

Por Igor Miranda
Fonte: Instagram
Em 25/04/20

Horas após a vocalista e baixista Fernanda Lira anunciar sua saída da banda Nervosa, foi a vez da baterista Luana Dametto confirmar que está deixando a formação. A informação foi publicada nas redes sociais da musicista.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Inicialmente, Luana Dametto declara que sente gratidão aos fãs que a apoiaram desde sua entrada à Nervosa. "Então, eu não faço mais parte da Nervosa. Primeiramente, eu gostaria de dizer o quanto sou grata por tudo que experenciei com essa banda, pelos lugares maravilhosos que eu vi em tour, por tudo que eu aprendi durante esses anos, pelas oportunidades que isso me trouxe, mas principalmente, eu sou extremamente grata a VOCÊ que me apoiou desde que me juntei a banda", afirmou.

Em seguida, a baterista cita que está deixando a formação por razões pessoais e que não serão reveladas. Contudo, ela destacou que a decisão foi tomada porque "a animação já não era mais a mesma".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Acima de tudo, agora é hora de seguir em frente. Eu acredito que em tudo que nós (pessoas) trabalhamos, devemos fazer de coração e fazer nosso melhor, e quando a animação já não é a mais a mesma, por qualquer motivo que seja, não acho que seja honesto continuar fazendo, não seria honesto comigo, e nem com você que vem seguindo minha trajetória. Não é como se eu tivesse apenas resolvido que não faria mais parte da banda, claro que tenho minhas razões pessoais e essa é uma decisão difícil, mas elas vão continuar pessoais", disse.

Por fim, Dametto destacou que não vai parar de tocar, mas que seguirá em novos projetos - que não influenciaram na decisão em deixar a Nervosa. "Tudo vai ficar bem, e cada uma de nós vai seguir um caminho que nos faça mais feliz. Desejo toda a sorte pra Nervosa, e sempre serei grata por todos os bons momentos que vivemos, tudo que aprendi e como fez parte da minha história. Por enquanto isso é tudo", concluiu.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Leia o texto na íntegra:

"Então, eu não faço mais parte da Nervosa. Primeiramente, eu gostaria de dizer o quanto sou grata por tudo que experenciei com essa banda, pelos lugares maravilhosos que eu vi em tour, por tudo que eu aprendi durante esses anos, pelas oportunidades que isso me trouxe, mas principalmente, eu sou extremamente grata a VOCÊ que me apoiou desde que me juntei a banda. Eu conheci muitos de vocês pessoalmente ao redor do mundo, e não existe nada mais precioso do que o apoio de vocês, não posso colocar em palavras o quão grata eu sou.

Acima de tudo, agora é hora de seguir em frente. Eu acredito que em tudo que nós (pessoas) trabalhamos, devemos fazer de coração e fazer nosso melhor, e quando a animação já não é a mais a mesma, por qualquer motivo que seja, não acho que seja honesto continuar fazendo, não seria honesto comigo, e nem com você que vem seguindo minha trajetória. Não é como se eu tivesse apenas resolvido que não faria mais parte da banda, claro que tenho minhas razões pessoais e essa é uma decisão difícil, mas elas vão continuar pessoais.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sei que muitos de vocês ficarão muito tristes com a notícia, mas acima de tudo e com tempo, espero que entendam. Quero deixar claro que não vou parar de tocar e nem nada do tipo, já venho tocando bateria há 10 anos e não está entre meus planos de vida parar, mas vou seguir em frente, começar novos projetos nos quais eu possa colocar meu coração, alma e ideais. Também quero deixar claro que meus novos projetos (os que já comecei e ainda vou começar) não afetataram em nada nessa decisão, e nem na maneira que me sinto sobre isso. Tudo vai ficar bem, e cada uma de nós vai seguir um caminho que nos faça mais feliz. Desejo toda a sorte pra Nervosa, e sempre serei grata por todos os bons momentos que vivemos, tudo que aprendi e como fez parte da minha história. Por enquanto isso é tudo."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Fernanda Lira também deixou a Nervosa

Algumas horas antes, Fernanda Lira também havia confirmado que sairia da Nervosa. O comunicado divulgado pela vocalista e baixista segue tom semelhante ao liberado por Luana Dametto.

Fernanda também evitou deixar claras as razões, alegando que são circunstâncias pessoais que resultaram em sua saída da Nervosa - "a decisão mais difícil" da vida dela, nas próprias palavras. "Deixando bem claro que a decisão é pessoal e não tem nada a ver com cansaço de fazer tours, gravadora, nada! Minha paixão pelos fãs, pela música e pela estrada ainda vive intacta dentro de mim e continuarei no metal com meu novo projeto (que aliás tb não tem nada a ver com essa decisão)", disse.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Leia, abaixo, o comunicado de Fernanda Lira na íntegra:

"ADEUS, NERVOSA!

Tudo tem um começo e um fim, a vida é feita de inícios e finais, é o ciclo natural das coisas. Alguns desses finais são bem desafiadores e esse com certeza é o mais difícil da minha vida - a decisão mais difícil da minha vida.
Achei que eu ficaria pra sempre nessa banda que é minha paixão, mas decidi que hoje acaba minha jornada dentro da NERVOSA.

Está tudo bem e vou sempre olhar pra minha tattoo eternizada no meu punho e pro passado com mto orgulho do que construí e fiz parte, e acima de tudo, mto feliz por ter tocado cada um dos seus corações com a minha arte.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Pra sempre vou carregar comigo aquele sentimento maravilhoso inicial, a vontade de dominar o mundo, a sensação de escrever as primeiras letras, de lançar o primeiro clipe e gravações da banda, de fazermos nossos primeiros shows, da felicidade de subir pela primeira vez num palco fora do país, fora do meu continente, de conhecer cada um dos quase 60 países que tive o privilégio de conhecer ao longo desse período. Até dos perrengues que passamos e vencemos, sempre vou lembrar e guardar com carinho cada um, pois fizeram a gente crescer e aprender tanto. Enfim, não poderia me sentir mais realizada de ter contribuído na linha de frente por quase uma década para que um embrião se tornasse uma das mais sólidas e conhecidas bandas do metal nacional, foi um trabalho duro e intenso, mas que valeu a pena cada minuto.
Por isso, obrigada Nervosa e obrigada A CADA UM DE VCS pelo apoio durante todo esse tempo, sem vcs, nada disso teria sido possível. Obrigada por ajudarem a realizar cada um dos maiores sonhos da Fefemetal headbanger de 14 anos de idade que sonhava em ter uma banda de metal.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Enfim, concluo esse ciclo ciente de que fiz o melhor que eu poderia fazer, com muita paixão, dedicação e honestidade.

Deixando bem claro que a decisão é pessoal e não tem nada a ver com cansaço de fazer tours, gravadora, nada! Minha paixão pelos fãs, pela música e pela estrada ainda vive intacta dentro de mim e continuarei no metal com meu novo projeto (que aliás tb não tem nada a ver com essa decisão).
Como essa minha escolha dói e ainda vai doer bastante, vou me afastar aqui por uns dias."

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp




Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.

Mais matérias de Igor Miranda.