Triptykon: assista ao primeiro capítulo de Requiem

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Carlos Henrique Schmidt, Fonte: Youtube
ENVIAR CORREÇÕES  

Não se pode dizer que Tom Warrior não gosta de ousar, quem em pleno nos anos 80 teria coragem de lançar uma música que mesclava orquestra e vocais líricos? Bem ele fez isso no clássico "Into The Pandemonium" onde apresentou ao mundo o capítulo I de seu Requiem intitulado: Rex Irae (lat.: A Fúria do Rei).

Triptykon: vídeo da apresentação da banda no Wacken 2011 está disponível; vejaVegetarianismo: Nomes do Rock e do Metal que não comem carne

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Já em 2006 no álbum "Monotheist", que marcou o retorno do CELTIC FROST, foi apresentado o capítulo III chamada de Winter.

E em 2019 passados pouco mais de 30 anos do lançamento do capítulo I, eis que Tom Warrior finalmente conseguiu concluir a composição do segundo e último capítulo do seu Requiem, chamado de Grave Eternal que permanecia incompleto e inédito.

No dia 12 de abril, aproximadamente um ano atrás, o TRIPTYKON apresentou pela primeira vez as três partes reunidas deste Requiem em uma memorável apresentação durante o Roadburn Festival na Holanda com a Metropole Orkest.

Tom Warrior comentou sobre a apresentação: "Estamos verdadeira e profundamente deleitados por podermos ter tido a oportunidade de finalizar este projeto único iniciado pelo Celtic Frost há tantos anos e por finalmente partilharmos a gravação completa com o mundo. Este álbum é o resultado de dois anos de trabalho apaixonado, e marca a conclusão de uma ideia musical primeiramente considerada há três décadas."

Abaixo você pode conferir o primeiro capítulo do Requiem: Rex Irae.




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Triptykon"


Triptykon: vídeo da apresentação da banda no Wacken 2011 está disponível; vejaTriptykon: Tom Warrior espera lançar próximo álbum em 2020Triptykon: confira parte do Requiem no Roadburn 2019

Tom Warrior: Amo os animais e me tornei incapaz de justificar qualquer consumo de carneTom Warrior
"Amo os animais e me tornei incapaz de justificar qualquer consumo de carne"

Triptykon: Tom Warrior tem braço quebrado em brigaTriptykon
Tom Warrior tem braço quebrado em briga

Triptykon: show inesquecível com repertório praticamente irretocávelTriptykon: a estreia de Thomas Gabriel Fischer no BrasilTriptykon: ex-Celtic Frost em show único no Brasil nesta sexta

Tom Warrior: em maio no Brasil com o TriptykonTom Warrior
Em maio no Brasil com o Triptykon

H.R. Giger: de Celtic Frost a Dead Kennedys, uma arte para o rock

Vegetarianismo: Nomes do Rock e do Metal que não comem carneVegetarianismo
Nomes do Rock e do Metal que não comem carne

Metallica: Lars é um bom baterista? Mike Portnoy explicaMetallica
Lars é um bom baterista? Mike Portnoy explica


Sobre Carlos Henrique Schmidt

Graduado em Computação e Administração, a paixão pela música pesada surgiu nos primeiros anos da adolescência e permanece até os dias de hoje. Apesar da preferência pelos estilos mais x-tremos da música pesada (Black, Death, Grind), o seu universo musical não limitado por estes rótulos, mas pelo que a música em si transmite.

Mais informações sobre Carlos Henrique Schmidt

Mais matérias de Carlos Henrique Schmidt no Whiplash.Net.

Cli336x280 CliIL