Skunk Oil: típico anti-herói, personagem fictício é tema de novo single/clipe

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ricardo Batalha, Press-Release
Enviar Correções  

Press-release - Clique para divulgar gratuitamente sua banda ou projeto.

O Skunk Oil apresenta seu novo single e videoclipe, "Godlike", trazendo uma letra intrigante, que fala sobre um personagem fictício. "Trata-se de um típico 'anti-herói', obcecado pelo poder, influência e controle sobre os outros. É uma música dinâmica e intensa, com ótimos riffs de guitarra", explicou o guitarrista Dennis D'Angelo, que também dirigiu o clipe, filmado pela Chacon Media.

Tragédia e dor: O Blues, o Rock e o Diabo

Blender: as letras mais repulsivas do Heavy Metal

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Veja o clipe de "Godlike", editado por Rodolpho Ponzio – AMC e com pós-produção de Felipe Delgado.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Para registrar "Godlike", gravada nos estúdios The Record Company e Dimension Sound Studios, em Boston (EUA), estiveram ao lado de Dennis D'Angelo o tecladista Lucas Tadini, o vocalista Jaska Isola, o baterista Caio Moskalkoff e o baixista Fede Delfino.

Praticando um som com referências a Black Sabbath e Soundgarden, além de influências de Queens of the Stone Age e Muse, o grupo apresentou o EP "Skeletons In The Closet" em 2018, destacando os singles "Elephant's Paw", "Ritual" e "Illusion". "Trabalhamos com elementos do blues-rock, grunge e rock psicodélico dos anos 70 e 90 de uma forma bem equilibrada", analisou D'Angelo.

O Skunk Oil, que conta com brasileiros radicados em Los Angeles, planeja lançar o próximo trabalho no final do ano. "Continuaremos transportando os ouvintes para diversas jornadas através de músicas que exploram dualidades e conflitos entre mente e o mundo em que vivemos", concluiu D'Angelo.

Site relacionado:
http://www.skunkoilband.com




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Tragédia e dor: O Blues, o Rock e o DiaboTragédia e dor
O Blues, o Rock e o Diabo

Blender: as letras mais repulsivas do Heavy MetalBlender
As letras mais repulsivas do Heavy Metal


Sobre Ricardo Batalha

RICARDO BATALHA tem uma trajetória que se confunde com a própria história do heavy metal no Brasil. Trabalha na revista Roadie Crew desde 1996 e é um dos diretores da ASE Press/Music. Além do trabalho de consultoria e assessoria, vem colaborando para diversos veículos de mídia ligados ao heavy/rock desde os anos 1980. Também é apresentador do programa RMH e redator na Panorama Audiovisual Brasil.

Mais matérias de Ricardo Batalha no Whiplash.Net.

Cli336x280 CliIL Cli336x280 CliInline