Dream Theater: álbum solo de John Petrucci teve bateria gravada por Mike Portnoy

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Igor Miranda
Enviar Correções  

O guitarrista John Petrucci, do Dream Theater, revelou pelas redes sociais que seu novo álbum solo, "Terminal Velocity", teve a bateria gravada por seu ex-colega de banda, Mike Portnoy. O trabalho ainda conta com o baixista Dave LaRue, do Dixie Dregs.

Legião Urbana: O dia em que Renato calou a plateia do Programa Livre

Sgt. Peppers: O mais importante disco da história?

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ainda não há data específica para lançamento de "Terminal Velocity". Porém, foi confirmado que o disco chegará a público durante o outono no Hemisfério Norte (primavera por aqui).

A capa e a tracklist de "Terminal Velocity" já foram divulgadas. A arte é assinada por Sean Mosher-Smith, do Echo Designlab. Será o segundo álbum solo de John Petrucci, sucedendo "Suspended Animation", de 2005.

Veja:

01. Terminal Velocity
02. The Oddfather
03. Happy Song
04. Gemini
05. Out Of The Blue
06. Glassy-Eyed Zombies
07. The Way Things Fall
08. Snake In My Boot
09. Temple Of Circadia

Mike Portnoy deixou o Dream Theater em 2010 após desentendimentos com os demais colegas. Com sua vaga ocupada por Mike Mangini, ele passou a integrar diversos projetos, como The Winery Dogs, Avenged Sevenfold (temporariamente), Twisted Sister (em breve tributo a AJ Pero), Sons of Apollo, Flying Colors, Transatlantic, entre outros.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em entrevista concedida no fim de 2019 ao My Global Mind, Portnoy chegou a dizer que gostaria muito de fazer música, novamente, com John Petrucci. Portnoy elogiou o colega e ainda disse que a relação com ele é a mesma que duplas como Lars Ulrich e James Hetfield, do Metallica, têm.

"Nós dois adoraríamos trabalhar juntos novamente. Formamos um grande time por 25 anos, enquanto co-capitães do Dream Theater e Liquid Tension Experiment. Eu também excursionava com ele nas turnês do G3. Nossa relação era muito especial entre baterista e guitarrista. Era como Lars Ulrich e James Hetfield (Metallica), Dimebag Darrell e Vinnie Paul (Pantera) e Eddie e Alex Van Halen (Van Halen). Ficamos mais fortes quando trabalhamos juntos e sinto falta disso", afirmou ele, na ocasião.




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Legião Urbana: O dia em que Renato calou a plateia do Programa LivreLegião Urbana
O dia em que Renato calou a plateia do Programa Livre

Sgt. Peppers: O mais importante disco da história?Sgt. Peppers
O mais importante disco da história?


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.

Mais matérias de Igor Miranda no Whiplash.Net.

Cli336x280 CliIL Cli336x280 CliInline