Corey Taylor: "Eu não sou direita nem esquerda"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Mateus Ribeiro
Enviar Correções  

O vocalista Corey Taylor (SLIPKNOT, STONE SOUR) nunca fez muita questão de esconder as suas opiniões sobre política. O músico falou mais uma vez sobre o assunto em recente entrevista concedida à Forbes, com alguns trechos publicados pelo site Blabbermouth. E aparentemente, ele não está muito contente com o atual cenário.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ashley Osborn - Divulgação
Ashley Osborn - Divulgação

Desta vez, Corey não falou sobre os políticos, mas sobre os eleitores (que em alguns casos, se parecem com um fã-clube) e revelou não ter mais paciência nem com a direita, nem com a esquerda. "O problema é que as pessoas de ambos os lados estão absolutamente exaustos com a energia do outro. Não é apenas a direita, a esquerda é tão louca e idiota", disse.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Slipknot: para Corey, tanto Trump quanto seus eleitores são idiotasSlipknot
Para Corey, tanto Trump quanto seus eleitores são idiotas

Em outro trecho, Corey demonstrou não gostar muito do patrulhamento que algumas pessoas tentam exercer sobre as outras. "Se eles não estão tentando controlar a maneira como você age ou pensa, eles estão tentando controlar a maneira como você fala, eles estão tentando controlar as coisas que deveriam te ofender".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em seguida, ele se explica, argumentando que as coisas não são tão simples quanto parecem aos olhos de alguns. "Olha, há uma lista muito clara de coisas que você deveria se ofender: qualquer coisa racista ou qualquer coisa que tenha a ver com tentar matar pessoas. Todo o resto está aberto à interpretação e tudo depende de onde você cresceu, com quem você cresceu e o que você pensa em sua própria cabeça. E é uma guerra pelo idioma agora. Uma guerra pelo idioma que nós usamos e o que estamos autorizados a usar."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Corey Taylor: "Sou um pouco liberal e um pouco conservador"

Por fim, Corey diz que compreende os dois lados da moeda, mas que não se encaixa em nenhum deles e é interpretado da maneira errada tanto pela direita quanto pela esquerda. "Eu entendo dos dois lados. Normalmente tento ficar no meio e dizer as coisas que precisam ser ditas (...) Mas porque sou visto por ambos como se estivesse nos dois lados , é uma situação meio 'cale a boca e cante'. Os liberais acham que sou um idiota que me arrasta e só quer beber Mountain Dew, fumar Marlboro vermelho e olhar para o céu. A extrema direita pensa que eu sou um floco de neve liberal que quer que todos recebam seus contracheques para que todos nós possamos beber café de jasmim e pegar a bunda uns dos outros. Eu não sou nenhum dos dois, cara (...) Eu vejo todo mundo falando merda, e eu digo, 'Nenhum de vocês me conhece. Eu não vou me ofender com nada disso’", finalizou o frontman do SLIPKNOT.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

No próximo dia 2 de outubro, Corey Taylor vai lançar o seu primeiro trabalho solo, intitulado "CMFT". Além do vocalista, completam a banda Jason Christopher (baixo), Zach Throne e Christian Martucci (guitarras), além de Dustin Schoenhofer (bateria). Até o momento, foram divulgadas três músicas do disco: "CMFT Must Be Stopped", "Black Eyes Blue" e "HWY 666".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O mais recente trabalho do SLIPKNOT, banda principal de Corey, é "We Are Not Your Kind", sexto disco de estúdio do grupo mascarado, lançado em agosto de 2019.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Metallica: Jason Newsted, 14 anos de humilhaçãoMetallica
Jason Newsted, 14 anos de humilhação

Guns N' Roses: cantora de apoio revela como era fazer turnê com a banda nos anos 90Guns N' Roses
Cantora de apoio revela como era fazer turnê com a banda nos anos 90


Sobre Mateus Ribeiro

Fanático por Ramones, In Flames e Soilwork. Limeirense com muito orgulho (e sotaque).

Mais matérias de Mateus Ribeiro no Whiplash.Net.

WhiFin Goo336 Goo336 Cli336 GooAdHor Goo336 Cli336 Goo336