Megadeth: Mustaine relembra dia que perdoou Ellefson; "Eu te perdoo. Eu te amo"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Mateus Ribeiro
Enviar Correções  

O guitarrista/vocalista Dave Mustaine e o baixista David Ellefson formam uma das duplas mais entrosadas da história do metal. Os dois se juntaram no início dos anos 1980, quando Mustaine estava formando o MEGADETH. Juntos, ambos escreveram discos e músicas que ajudaram o thrash metal a se tornar o estilo gigante que é até os dias de hoje.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Porém, com o passar do tempo, as coisas foram se deteriorando. Depois do lançamento dos controversos "Risk" (1999) e "The World Needs A Hero" (2001), Dave Mustaine decretou o fim do MEGADETH. O rompimento não foi dos mais amigáveis e em 2004, Ellefson processou o dono da banda alegando que Mustaine ainda lhe devia direitos de merchandising e royalties. O baixista pediu 18 milhões e meio de dólares.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em janeiro de 2005, o caso foi encerrado. Ellefson não conseguiu o dinheiro que desejava, porém, em 2010, voltou para a banda que ajudou a tornar tão relevante. O dono da banda falou sobre o caso em recente entrevista concedida ao podcast "SpeedFreaks". Mustaine inicialmente disse que perdoar é uma boa ação e que Ellefson se deu mal ao tentar o processo. "Acho que o perdão é uma coisa super legal (...) Quando David Ellefson me processou por 18 milhões e meio de dólares, e o juiz rejeitou e o fez pagar um monte de dinheiro, além disso, ele ficou com a bunda a mostra em público".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em seguida, o mentor do MEGADETH revelou certa mágoa por seu companheiro de longa data. "E eu estava realmente, realmente, realmente magoado com as coisas que ele disse sobre mim. E eu pensei: 'Quer saber? Se eu nunca o vir novamente, acho que vou ficar bem.' E eu estava triste, mas imaginei que ele tinha ido embora".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Porém, um belo dia, Mustaine decidiu que iria resolver a situação de forma adulta e responsável. "Um dia, eu estava voltando de Dallas para casa, e o voo parou em Phoenix [Arizona, EUA, cidade natal de Ellefson] e, por alguma razão estúpida, liguei para ele e disse: 'Ei, você quer jantar?' E ele disse: 'Sim'. Então saímos. E a primeira coisa que ele disse foi: 'Quero dizer, foi a coisa mais estúpida que já fiz ao processá-lo e quero me desculpar'. E eu olhei para ele e esperei um pouco, e disse, 'Dave, eu te perdoo. Eu te perdoo completamente. Eu te amo.' E acabou assim. E eu acho que isso é realmente algo ótimo que as pessoas deveriam levar com elas hoje, qualquer pessoa que estiver ouvindo isso. Pode haver alguém que você precisa perdoar ou alguém a quem você precisa se desculpar, mas eu vou te dizer que isso faz você se sentir muito melhor no final do dia", finalizou o maduro Mustaine, que nem se parece com o rapaz sem papas na língua do início de carreira.

David Ellefson esteve presente nos 9 primeiros discos de estúdio do MEGADETH, entre 1985 e 2001. Após o seu retorno, já participou de "TH1RT3EN", "Super Collider" e "Dystopia". Enquanto esteve fora do MEGADETH, James MacDonough e James Lomenzo ocuparam o posto.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


Goo336 Goo336 Cli336 Goo336 Goo728 Cli336