Napalm Death: Barney diz que Jesse Pintado "era irritante demais", mas sente sua falta

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Mateus Ribeiro
Enviar Correções  

O vocalista Mark "Barney" Greenway, da banda NAPALM DEATH, participou do podcast "No Fuckin 'Regrets With Robb Flynn", apresentado pelo líder do MACHINE HEAD. Em certo ponto da conversa, os músicos falaram sobre Jesse Pintado, guitarrista do NAPALM, falecido em 2006. Barney e Robb relembraram da tour conjunta que suas bandas realizarem em 1994.

Napalm Death: novo disco vai ser lançado no Brasil em versão especial

Preços: quanto custa para contratar a sua banda favorita

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Na referida ocasião, Jesse Pintado se envolveu em vários conflitos, principalmente quando ficava bêbado. Barney disse: "Naquela época, ele era praticamente um alcoólatra completo. Levava sua mente para certas direções. Eu realmente não quero julgá-lo e dizer [qualquer coisa] negativa, mas as coisas abrem sua mente quando você está [tomando várias] substâncias ou bebida ou qualquer coisa assim. Então, ele começou a se envolver em algumas coisas realmente interessantes ao longo do caminho .Mas ficou bem intenso. Não me lembro exatamente quando ele começou a ir além disso e começou a desaparecer e coisas assim...", afirmou o vocalista.

Barney relatou que foi preciso afastar o guitarrista da banda para que ele tentasse resolver seus problemas. Infelizmente, as coisas não deram certo. "Tivemos algumas gravações um pouco mais tarde, e ele simplesmente desapareceu completamente do país quando deveríamos estar gravando. Tudo levou a um ponto em que tivemos que deixá-lo ir um pouco, ou melhor, deixá-lo voltar para Los Angeles, para ficar com sua família e, com sorte, se consertar. Infelizmente, não funcionou no final, com o resultado final óbvio. Sim, ficou muito intenso." O resultado final que Barney se refere é a morte de Jesse, em 27 de agosto de 2006, por conta de insuficiência hepática.

Napalm Death: Lendário guitarrista Jesse Pintado falece após dias em comaNapalm Death
Lendário guitarrista Jesse Pintado falece após dias em coma

Por fim, o frontman do NAPALM DEATH revelou que sente falta do falecido guitarrista, que ele achava irritante em algumas ocasiões. "É estranho, olhando para trás, porque ele fez suas escolhas, definitivamente. Jesse sempre foi ele mesmo, e eu o admirei por isso. Infelizmente, algumas das escolhas o mataram. Eu sinto falta dele. Ele era irritante pra caralho, às vezes, mas ele também era um cara ótimo. E eu sinto falta dele", finalizou.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Jesse Pintado tocou no NAPALM DEATH de 1989 até 2004, gravando 8 álbuns de estúdio. Além da lendária banda britânica, o guitarrista também foi membro fundador do TERRORIZER e tocou no LOCK UP.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


Goo336x280 GooAdapHor Goo336x280 Cli336x280