RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemA atitude ousada da Legião Urbana ao peitar Globo e Faustão no meio de uma grande crise

imagemO Raul Seixas não era nada daquilo que ele falava, diz ex-parceiro musical

imagemA razão que levou Humberto Gessinger a decidir não usar mais nome "Engenheiros do Hawaii"

imagemPor que Gisele Bündchen e Ivete Sangalo deturparam "Imagine", segundo André Barcinski

imagemDiva Satânica explica qual foi a razão que a fez deixar a banda Nervosa

imagemO último show de Bon Scott com o AC/DC, três semanas antes de sua morte

imagemA hilária reação de Keith Richards ao encontrar músicos do Maneskin

imagemDavid Coverdale relembra parceria com Jimmy Page, e fala sobre relançamento

imagemAs duas razões que levaram RPM a passar por segunda separação em 2003

imagemEm entrevista, Tony Iommi contou como aprendeu a tocar guitarra

imagemAlém do Moonspell, São Paulo Metal Fest anuncia Beyond Creation em seu cast

imagemAngra parabeniza a aniversariante Sandy nas redes sociais

imagemJimmy Page sobre o "Presence": "Não se faz músicas como aquelas caindo de bêbado"

imagemGuitarrista do Offspring continuou em seu emprego normal mesmo depois da fama

imagemPrika explica por que nova vocalista da Nervosa não é brasileira e promete single em março


Summer Breeze

Tenacious D: Kyle Gass sofreu após o amigo Jack Black ficar famoso sem ele

Por Igor Miranda
Postado em 15 de dezembro de 2020

O Tenacious D existe muito antes de Jack Black ter se tornado um consagrado ator de Hollywood. A dupla musical foi criada por Black e Kyle Gass em meados de 1994, embora eles se conheçam desde a década de 80.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

No início dos anos 2000, Jack Black fez trabalhos no cinema que o consagraram mundialmente. Isso trouxe, inclusive, grande exposição ao Tenacious D, que chegou a lançar um filme, "Tenacious D in: The Pick of Destiny", em 2006.

Por outro lado, Kyle Gass sofreu com a fama conquistada por seu amigo. O músico abriu o coração ao falar sobre o assunto em uma entrevista concedida ao livro "Life In The Stocks Vol.1" e apresentada pelo site da revista "Kerrang!".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O grande receio de Gass era que a relação com Black fosse "corrompida pelo lado comercial das coisas" - algo que era inevitável, em sua visão. "Ironicamente, eu só gosto de trabalhar com amigos, mas toda a coisa do Tenacious D, combinada com a ascensão meteórica do Jack, fez com que a gente passasse por alguns momentos bem inebriantes. E eu desmoronei algumas vezes durante o processo", afirmou.

Uma das maiores discussões entre a dupla teve relação com o filme "Escola de Rock", protagonizado por Jack Black e lançado em 2003. "Estávamos desenvolvendo 'The Pick of Destiny' e Jack foi lá e fez 'Escola de Rock'. Eu falei: 'Cara, você está fazendo um filme sobre rock antes do nosso sair, isso tira a atenção do nosso projeto, não acha? E um filme com crianças, o que é isso?'. Acabou que 'Escola de Rock' fez sucesso e eu não estava nele. Foi muito difícil para mim", disse.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Como o Tenacious D driblou o problema

Kyle Gass também apontou que o Tenacious D passa muito tempo inativo por conta dos trabalhos de Jack Black em Hollywood. Por conta disso, a banda lançou apenas quatro álbuns nas últimas duas décadas: "Tenacious D" (2001), "The Pick of Destiny" (2006), "Rize of the Fenix" (2012) e "Post-Apocalypto" (2018).

"Com Jack constantemente trabalhando em filmes, havia muito tempo longe da banda. Fiquei de lado. Apesar disso, esses hiatos me ajudaram, pois eu comecei a trabalhar em projetos paralelos. Não dava para esperar Jack, pois eu gosto demais de tocar, então, me deram limões e eu fiz uma limonada. E eu adoro minha banda, a Kyle Gass Band. Não tem o tamanho do Tenacious D, mas quem poderia ter?", afirmou.

O tempo passou e Kyle, enfim, compreendeu a situação. "Claro, não quis acabar com tudo, ainda quero trabalhar com ele. E é difícil, pois eu também entendo que é aquilo que Jack faz, e ele é muito bom. Então, preciso lidar com isso. Ainda poderíamos estar em uma turnê interminável ganhando muito dinheiro e nos divertindo, mas não é assim e eu preciso aceitar. E eu ainda me divirto quando acontece. Tem funcionado, pois ainda somos grandes amigos", concluiu.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:
Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Stamp

Machine Head: tocando Tenacious D no dia dos namorados

Liga a TV: músicos que foram revelados em programas de televisão


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.
Mais matérias de Igor Miranda.