[an error occurred while processing this directive]

Matérias Mais Lidas


Stamp

Dragonforce: cena metal nega a existência do racismo, segundo Herman Li

Por Igor Miranda
Postado em 07 de maio de 2021

O guitarrista Herman Li abordou a temática do racismo em entrevista ao Consequence. O integrante do Dragonforce, que veio de Hong Kong e morou na Europa por boa parte de sua vida, relatou experiências em que foi discriminado e atacado por ter origem asiática.

DragonForce - Mais Novidades

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Inicialmente, Li se recordou das experiências com o racismo na juventude, antes de fazer parte do Dragonforce. "Sempre tive um par de olhos adicional por trás da cabeça porque passei por isso. Alguém já colocou fogo no meu cabelo, aleatoriamente, sem provocação. Foi antes do Dragonforce, no Reino Unido. Eu era só um cara que tocava guitarra, ouvia metal e ia a bares de metal", afirmou.

O músico sabia que não poderia se envolver em brigas em função disso. "Não havia nada a se fazer, às vezes você não sabe o que fazer. Se você entra em uma briga com a pessoa, é você quem vai ter mais problemas", comentou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ele também lamentou o aumento dos registros de ataques violentos contra asiáticos, especialmente nos Estados Unidos, onde cresce um sentimento negativo com relação a esse povo devido à Covid-19. Recentemente, uma série de tiroteios em massa ocorreu na cidade americana de Atlanta, com asiáticos como alvos - seis das oito vítimas são asiáticas.

"Isso é terrível e me deixa mais preocupado. Passei por essas experiências, mas chegar ao nível de tiroteios? É terrível. Fico ainda mais preocupado, pois tenho uma filha de quase 2 anos. Em que tipo de sociedade ela vai crescer? É terrível e tudo está cada vez mais ampliado", declarou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - DEN
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Herman Li e racismo no metal

Em outro momento da conversa, Herman Li falou sobre suas experiências com racismo na indústria musical. Sendo um guitarrista de metal, o integrante do Dragonforce relatou as situações sempre com base nessa cena - que, em sua visão, "nega o racismo".

"Lembro de fazer um show com o Atreyu, em um dia de folga durante o Ozzfest, e alguém me ameaçou, queria me bater depois que o show acabou. Não havia nenhuma razão real, foi na área fora do estacionamento", disse, inicialmente.

Li citou que "não há muitos guitarristas asiáticos, chineses menos ainda" e mencionou mais uma experiência. "Antes do Dragonforce ficar grande, eu recebia telefonemas em minha casa todos os dias, às vezes às 4h da manhã, às vezes às 19h, de alguém fazendo algum sotaque engraçado, me insultando e me passando trotes. Isso ocorreu por meses. Tive que envolver a polícia, mas não conseguiram rastrear o número", afirmou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O guitarrista declarou que foi "capaz de canalizar essa energia para ficar mais forte e tornar o Dragonforce ainda mais bem-sucedido". Ele aponta, ainda, que a "cena metal nega o racismo".

"Acho que a cena metal nega o racismo dentro dela. Tenho tantas histórias insanas, mas nunca falamos sobre isso. Quando eu dou entrevistas, nunca sou perguntado sobre isso, porque acham que não existe", declarou.

A entrevista completa, em inglês, pode ser lida no Consequence. Outros músicos de origem asiática, como Mike Shinoda (Linkin Park), Kimberly Goss (Sinergy) e Saki (Amahiru), entre outros, também deram suas declarações sobre o assunto.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal
Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Summer Breeze 2024

Power Metal: os dez álbuns essenciais do gênero

Dragonforce: "há quem diga que somos a melhor banda do mundo"

Dragonforce: "Fury Of the Storm" tocada com drives de disquetes


publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Luan Lima | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.
Mais matérias de Igor Miranda.

 
 
 
 

RECEBA NOVIDADES SOBRE
ROCK E HEAVY METAL
NO WHATSAPP
ANUNCIAR NESTE SITE COM
MAIS DE 4 MILHÕES DE
VIEWS POR MÊS