Matérias Mais Lidas

imagemMetallica: se você achou caro o pacote do Titãs, fuja dos preços da turnê de Hetfield & Cia

imagemCinco discos de heavy metal para ouvir sem pular nenhuma faixa

imagemO dia que Cazuza pagou justo esporro para Sandra de Sá ao ver atitude da cantora em festa

imagemRed Hot Chili Peppers virá ao Brasil no próximo ano, diz José Norberto Flesch

imagemFãs não perdoam e reclamam da bateria de Lars Ulrich em novo single do Metallica

imagemJohn Lennon sentia que seu filho Julian "queria que Paul McCartney fosse seu pai"

imagemTitãs e o integrante que era visto como um líder mas saiu por estar em outra

imagemBandas de rock que lançaram poucos discos, mas continuam fazendo muito sucesso

imagemTim Ripper Owens diz que nunca voltaria ao Iced Earth

imagemCharlie Benante não sabia de tour do Metallica com o Pantera

imagemMotörhead lança a música inédita "Bullet In Your Brain"; ouça aqui

imagemA importância da ex-esposa de James Hetfield em sua luta contra o alcoolismo

imagemO motivo pelo qual Steven Tyler disse que "daria na cara" de Elvis Presley

imagemCinco músicos que nunca voltarão para as bandas que os consagraram

imagemLed Zeppelin e a fala que Robert Plant tem vergonha mas não tem como apagar da história


Stamp
Summer Breeze

Scorpions: Rudolf Schenker escolhe os dez melhores álbuns da banda

Por Pedro Henrique Aragão
Postado em 06 de setembro de 2021

Em recente entrevista concedida à Malcolm Dome, e transcrita pelo site Loundersound, o guitarrista e fundador do Scorpions, Rudolf Schenker, elencou seus dez álbuns preferidos da banda. Segue a lista com os comentários resumidos:

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

10. Moment Of Glory ( 2000 )

" Nunca tínhamos pensado em fazer um álbum orquestral, até que nos disseram que a Orquestra Filarmônica de Berlim queria trabalhar conosco. [...] Não sou um grande fã de música clássica, mas isso foi algo que deu um toque extra às músicas do Scorpions. "

9. MTV Unplugged (2014)

" Tínhamos feito o Acoustica em 2001, então, quando nos pediram para fazer um programa do MTV Unplugged, queríamos torná-lo diferente. [...]Acho que provamos que poderíamos fazer um show acústico em um nível muito alto. "

8. Return To Forever (2015)

" Originalmente, era para ser um álbum com as sobras dos anos 70 e 80. E foi assim que tudo começou. [...] mas também escrevemos novas canções com a máfia sueca do rock (Mikael Nord Andersson e Martin Hansen). Realmente tem o espírito dos anos 1980, e eu diria que se encaixa perfeitamente entre Love At First Sting e Savage Amusement."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

7. Savage Amusement (1988)

" Sempre achei que isso tivesse algumas das melhores músicas, mas o que me decepcionou foi a produção, que eu nunca gostei. [...] Não é que gostássemos de repetição, mas todos conhecíamos nossos papéis. Se ao menos a produção tivesse sido melhor ... "

6. Crazy World (1990)

" Tivemos a chance de gravar a música que queríamos tocar sem Dieter Dierks, que era nosso produtor desde In Trance em 1975. Bruce Fairbarin foi nossa escolha original para nos produzir [...] Mas no último minuto, Bruce disse que tinha sido convidado para produzir AC / DC [...] No final, escolhemos Keith Olsen, que fez um trabalho excelente. [...] Na verdade, a consistência deste álbum nos ajudou a sobreviver ao ataque do grunge. "

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

5. World Wide Live (1985)

" Cada apresentação aqui é matadora.[...] nosso produtor Dieter Dierks veio na estrada conosco e passou anos analisando todas as gravações que fizemos para encontrar a melhor versão de cada música. "

4. Animal Magnetism (1980)

" Tínhamos acabado de sair de uma grande turnê promovendo Lovedrive, então não tivemos muito tempo para juntar as músicas para o próximo álbum. [...] também estávamos nos tornando muito maiores e perto de ser as atrações principais em todos os lugares. Esse foi um passo crucial para nós. "

3. Lovedrive (1979)

" Este foi o álbum em que queríamos provar que perder Uli Jon Roth na guitarra não nos afetaria. [...] Trouxemos Matthias, mas ele ainda estava encontrando seu caminho. [...] Michael ( Michael Schenker, irmão de Rudolf ) perguntou o que estávamos fazendo, e quando eu disse a ele que estávamos fazendo um novo álbum, ele se ofereceu para vir tocar nele. Isso fez uma grande diferença em todo o som. "

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

2. Love At First Sting (1984)

" Novamente, eu acredito que as músicas são tão boas. Mas talvez o que coloque isso um pouco atrás da minha primeira escolha é que a produção não é tão boa. [...] O erro que cometemos foi gravar e mixar digitalmente. Devíamos ter feito a mixagem à moda antiga no analógico. Portanto, o som geral do álbum não era tão bom. "

1. Blackout (1982)

" Existem tantas músicas ótimas neste álbum. Mas é mais do que isso que coloca isso em primeiro lugar para mim. O som era muito forte [...] Mas mais do que isso, tivemos que superar um grande problema, porque Klaus Meine perdeu a voz, e isso nos colocou sob muita pressão. O fato de termos superado o problema torna o álbum muito especial."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A entrevista completa (em inglês ) está na seção Classic Rock no site da Loudersound.

NT: É gritante (e surpreendente pra mim) a acidez que Rudolf trata os álbuns produzidos por Dieter Dierks, pareceu-me uma crítica nem um pouco velada ao "Mago de Colônia". É conhecido, por exemplo, desde a publicação da autobiografia do baterista Herman Rarebell, que Dieter odiou Savage Amusement, por achar que aquele som impregnado de Def Leppard não era Scorpions. Mas nunca havia lido numa entrevista de nenhum Scorpion, tais críticas ao trabalho do produtor.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Siga Whiplash.Net: Facebook | Instagram | Twitter | YouTube

Receba as novidades do Whiplash.Net por WhatsApp


Samael Hypocrisy


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A festa insana de Judas Priest, Def Leppard e Scorpions que inspirou nome do hit "Blackout"

A capa sensual do Scorpions acusada por direita religiosa de mensagens ocultas

A atitude de Gene Simmons que fazia Scorpions sentir nojo quando abria shows do Kiss

A insegurança linguística do Scorpions ao nomear álbum clássico com palavra inglesa

O hit do Scorpions sobre prostituta travesti que contribuiu para Uli Jon Roth deixar banda

O hit do Scorpions sobre nojento fetiche e bizarro kickboxing japonês

Monsters Of Rock: Paulo Baron revela três grandes bandas que podem estar no festival

Scorpions: Klaus Meine acha "simplesmente vergonhosa" a capa original de "Virgin Killer"

Klaus Meine, do Scorpions, revela quem ele acha o melhor baterista do mundo

Cinco músicas que parecem ser românticas, mas não são

Monsters of Rock: o lendário Castle Donington de 1980

Hard Rock: alguns dos clipes mais clichê do gênero

Uli Jon Roth: ele ainda usa a guitarra do primeiro show de 1968

Doors - Perguntas e Respostas

Iron Maiden: quanto tem de patrimônio cada um dos integrantes da banda?


Sobre Pedro Henrique Aragão

Bancário, estudante de administração e um apaixonado por Rock n'Roll. Amante do Hard Rock de bandas como Scorpions,Led Zeppelin e Guns n'Roses; não dispensa o Rock nacional de bandas como Legião Urbana, RPM, Engenheiros do Hawaii, Matanza e Cachorro Grande.

Mais matérias de Pedro Henrique Aragão.