Matérias Mais Lidas

imagemApós incidente, Axl Rose anuncia mudança nos shows do Guns N' Roses

imagemCinco discos de heavy metal para ouvir sem pular nenhuma faixa

imagemTitãs: traído, o baterista destruiu o quarto; Paulo Ricardo viu na TV a traição

imagemMetallica: James Hetfield sobre o "St. Anger": "Pelo menos é honesto"

imagemPaulo Ricardo e a loucura em hotel nos anos 1980: "Eu já tinha perdido o pudor!"

imagemO maior álbum de todos os tempos, na opinião do saudoso Ronnie James Dio

imagemNazareth: Brian Johnson homenageia Dan McCafferty

imagemPink Floyd: Para David Gilmour, reunião de 2005 no Live 8 foi "como dormir com a ex"

imagemGuns N' Roses: fã fica com olho roxo de microfone atirado por Axl Rose

imagemGene Simmons: "Vinnie Vincent soava como Yngwie Malmsteen fumando crack"

imagemWandinha, da Netflix, resgata banda icônica do Rock em canção com letra sacana

imagemGuns N' Roses: Matt Sorum surpreende ao revelar quem era o integrante sóbrio da banda

imagemO curioso ritual do Fleetwood Mac antes de subir ao palco, revelado por Christine McVie

imagemWhitesnake e o inesperado indicador de qualidade musical apontado por Regis Tadeu

imagemOzzy Osbourne revela a surpreendente banda nova que chamou a sua atenção


Samael Hypocrisy
Stamp

Como uma revista transformou Alice Cooper de pária em querido por empresários

Por Emanuel Seagal
Postado em 02 de janeiro de 2022

Alice Cooper foi entrevistado por Jim Ryan, da revista Forbes, onde falou sobre a mudança em sua carreira após ser capa da edição de 1973 da revista, e sua participação na convenção Days of the Dead. Confira alguns trechos da entrevista abaixo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Forbes: "Você realmente apareceu na capa da revista Forbes. Abril de 1973…"

Alice Cooper: Eu ia pegar um avião — e nessa época eu era o pária do rock n'roll, então não havia empresário que quisesse ficar perto de mim. Quando a matéria da Forbes foi lançada, foi como, 'Oh, você poderia sentar aqui — na primeira classe?' Porque de repente eles relacionaram com a Forbes, sabe? Foi muito engraçado, porque ainda éramos os mesmos caras."

"1973. Uau. Bem, as pessoas não estavam acostumadas com estrelas do rock. Essa turnê foi tão grande que chamou a atenção de todos. Especialmente para uma banda que todos pensavam que duraria uma semana e meia, por ser muito extrema. Se você tem um álbum de sucesso neste negócio, ele não atinge apenas o rádio — ele atinge todo o dinheiro do mundo. Porque, de repente, eles dizem: 'Espera um pouco… eu não posso perder isso…' Você sabe, siga o dinheiro. Então, de repente, com aqueles discos de sucesso, as pessoas começaram a nos seguir. Ao invés de nos ignorar, eles tiveram que começar a nos ouvir."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Forbes: "Bem, obviamente a sua incorporação de tudo, desde vaudeville ao terror em seu set ao vivo, se encaixa perfeitamente com a convenção Days of the Dead. Como foi fazer essa série de convenções este ano?"

Alice Cooper: "Para começar, tivemos 18 meses de folga. O que foi absolutamente incomum. Estou fazendo turnês há 55 anos, e normalmente temos uma média de 100 a 200 shows por ano. Estamos tão acostumados a estar no palco que 18 meses de folga foi uma loucura! Só a ideia de que íamos ensaiar, todo mundo estava feliz com isso — mal podia esperar para voltar ao palco. Não sabíamos se isso ia acabar! Talvez tudo estivesse acabado? Agora as pessoas estão fazendo shows de novo — de volta à rotina. E nós amamos essa rotina!"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

No início do mês Alice Cooper anunciou uma turnê com o Buckcherry para os meses de março e abril, que contará com a participação de Ace Frehley (Kiss) em alguns shows. Assista abaixo o videoclipe gravado para "Social Debris", faixa do disco "Detroit Stories".

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Siga Whiplash.Net: Facebook | Instagram | Twitter | YouTube

Receba as novidades do Whiplash.Net por WhatsApp


Summer Breeze


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Alice Cooper recorda algumas das inacreditáveis aventuras de Keith Moon

"Quando eu era criança, queria ser Alice Cooper", diz Rob Zombie

Alice Cooper declara Detroit "a capital do rock n roll nos Estados Unidos"

O conselho de Alice Cooper para a diva do pop Ke$ha

Alice Cooper conta como compôs no hospício seu álbum mais pessoal

Alice Cooper: "O fato de Jim Morrison ter vivido até os 27 foi um milagre!"

Nita Strauss aparece em show de Alice Cooper e toca clássico

O curioso motivo pelo qual Scott Ian não gravou cover de "I'm Eighteen"

Covers: os cinco melhores gravados pelo Megadeth

Alice Cooper relembra sua internação em 1977 para tratar seu alcoolismo

Alice Cooper relembra o dia em que tocou na casa de Frank Zappa

As 8 músicas que Alice Cooper levaria para uma ilha deserta

São Paulo Trip: As prováveis datas das apresentações...

Alice Cooper não quer rock junto da política; "minha música é para te dar férias da CNN"

Músicas boas mas pouco conhecidas: a vida nem sempre é justa

Históricas: Fotos de encontros inusitados entre rockstars

Raul Seixas: O clássico inspirado em Dylan que driblou censura e criticou Roberto Carlos


Sobre Emanuel Seagal

Descobriu o metal com Iron Maiden e Black Sabbath até chegar ao metal extremo e se apaixonar pelo doom metal. Considera Empyrium e X Japan as melhores bandas do mundo, Foi um dos coordenadores do finado SkyHell Webzine, escreveu para outros veículos no Brasil e exterior, e sempre esteve envolvido com metal, seja com eventos, bandas, gravadoras ou imprensa. Escreve para o Whiplash! desde 2005 mas ainda não entendeu a birra dos leitores com as notícias do Metallica. @emanuel_seagal no Instagram.

Mais matérias de Emanuel Seagal.