Matérias Mais Lidas

imagemRevista Veja diz que Rock in Rio virou "túmulo do rock" e explica motivo

imagemO álbum do Kiss que infelizmente é ignorado pela banda, segundo Andreas Kisser

imagemRock in Rio 1991, Maracanã lotado, e o Guns N' Roses ameaçou não subir ao palco...

imagemO álbum de David Bowie que Mick Jagger disse que achou "horrível"

imagemBaixista do Faith No More diz que integrantes odiavam músicas do "The Real Thing"

imagemSupla explica por que fala sempre misturando português com inglês

imagemAntes mesmo do fim do primeiro semestre, Mike Portnoy escolhe seu "Álbum do ano"

imagemA história da capa de "Christ Illusion", que fez o Slayer ter problemas

imagemOs únicos quatro assuntos das conversas nos EUA que enchiam saco de Fabio Lione

imagemCinco músicas que são covers, mas você certamente acha que são as versões originais

imagemO baterista que não tinha técnica alguma e é um dos favoritos do Regis Tadeu

imagemAndreas Kisser pede doação de sangue para sua esposa Patricia

imagemRafael Bittencourt, do Angra, explica por quê está usando unhas postiças

imagemSem ter o que fazer, guitarrista do Journey comprou 150 guitarras durante a pandemia

imagemNoel Gallagher sobre sua preferida do Pink Floyd: "Adoraria conhecer Roger Waters"


In-Edit

Jerry Only, do Misfits, relembra encontro com Sid Vicious na noite de sua morte

Por André Garcia
Em 05/03/22

No dia 2 de fevereiro de 1979, numa festa em Greenwich Village, Nova Iorque, morreu de overdose aos 21 anos Sid Vicious, ex-baixista dos Sex Pistols. Presente na fatídica festa estava Jerry Only, baixista do Misfits, que em entrevista para a loudersound.com recordou aquela noite.

Naquele ano, o Misfits já havia se estabelecido na cena punk novaiorquina com uma inconfundível — na verdade, única — temática totalmente inspirada nos antigos filmes de terror trash. E no primeiro dia de fevereiro, Jerry foi convidado para uma festa no badalado Greenwich Village, onde encontrou ninguém menos que Sid Vicious, que na época tentava se lançar em carreira solo.

O ex-Sex Pistols havia saído da prisão naquela manhã, onde foi parar acusado de assassinar sua namorada Nancy Spungen no ano anterior — crime que ele mesmo não sabia se havia cometido, pois estava drogado demais para se lembrar de qualquer coisa.

"Eu fui um dos primeiros a chegar na festa", disse Jerry na entrevista, "aí eu fiquei fazendo molho de tomate com a mãe dele, Anne Beverly. Depois Sid chegou com um monte daqueles amigos dele, e tudo que eles faziam era ficar chapados."

Para o nerd Jerry, muito mais interessado em filmes baratos de ficção científica e terror do que em drogas, o consumo daquela turma era chocante. "Quando você ia para Nova Iorque, todo mundo estava injetando. Era uma cena de narcóticos pesados", recordou.

Conforme a festa rolava, Only via Vicious apagando, completamente chapado. "Eu tive que dar uns tapas nele, algumas vezes. Eu falei: 'Isso é ridículo!', a mãe dele disse que aquilo acontecia de vez em quando, mas eu respondi que não era pra acontecer nunca!"

"Eu fui embora e deixei eles lá", contou o baixista do Misfits, que no dia seguinte, enquanto dirigia, soube que Sid Vicious estava morto. "Eu não conseguia acreditar."

Ele contou ainda que "era a única pessoa em Nova Iorque que tinha um carro — uma velha caminhonete marrom", por isso, coube a ele auxiliar a mãe do falecido. "Eu levei a mãe dele até o legista, levei ela no cemitério onde Nancy estava e ajudei ela a jogar as cinzas do Sid."

"Que desperdício…", lamentou Jerry Only. "Ele tinha todo o potencial do mundo. Sid tinha ficado maior que os Sex Pistols. Ele tinha acabado de lançar 'My Way', ele poderia ter sido o novo Frank Sinatra se tivesse vivido."

Fonte: Loudersound
https://www.loudersound.com/features/misfits-jerry-only-i-partied-with-sid-vicious-the-night-he-died

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

imagemJerry Only, do Misfits, relembra encontro com Sid Vicious na noite de sua morte

imagemEstrelas do Arch Enemy, Misfits e outras bandas atuarão em filme com vampiros e canibais

Misfits: Doyle zomba dos preços de ingressos para shows da própria banda

Misfits: "o satanismo de Glenn me incomoda", diz Jerry Only

Garimpeiro das Galáxias: Beldades globais e sua paixão pelo rock


Sobre André Garcia

Sou redator e tradutor freelancer e escritor, autor do livro de contos Liber IMP. Ouço rock desde pequeno, leio coisas sobre bandas desde sempre e escrevo sobre ela já tem anos. Cresci como fã de Iron Maiden e paladino do rock, mas já me tratei. Hoje sou fã de nomes como Beatles, David Bowie, The Cure, Kraftwerk e Velvet Underground, e de cenas como a Londres psicodélica, a Nova Iorque proto-punk e a Manchester pós-punk. Escrevo notas e notícias rápidas para o Whiplash.Net visando compartilhar conteúdo relevante sobre música e cultura pop.

Mais matérias de André Garcia.